25 de fevereiro de 2021 Atualizado 10:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

TBG afirma que gasoduto com vazamento em Mato Grosso não é de sua propriedade

Por Agência Estado

30 jan 2021 às 15:15 • Última atualização 30 jan 2021 às 16:17

A Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG) diz, em nota à imprensa, que o gasoduto em que foi identificado um vazamento na manhã deste sábado (30), em Nossa Senhora do Livramento (MT), não é de sua propriedade. Bombeiros e policiais foram enviados ao local, que foi interditado por questões de segurança.

De acordo com a TBG, o gasoduto vem da Bolívia, mas abastece uma termelétrica em Cuiabá e fica a 200 quilômetros de distância do Gasoduto Brasil-Bolívia. “A TBG continua com suas operações normalmente”, afirma a companhia.

A Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT) informou que assim que foi informada do vazamento, entrou em contato com a Âmbar Energia, responsável pelo gasoduto, para que todas as providências fossem tomadas. A empresa informou, conforme o órgão, que as válvulas de segurança foram acionadas para evitar mais vazamentos e duas equipes da empresa, de Cuiabá e Cáceres, atuam no local para reparar o gasoduto, o que deve ser concluído ainda hoje.

“O Governo de Mato Grosso já está adotando todas as medidas cabíveis para apuração do caso”, afirma a Sesp-MT, acrescentando que as forças de segurança estaduais permanecerão no local até que o problema seja totalmente resolvido.

Publicidade