30 de maio de 2020 Atualizado 15:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COMBUSTÍVEL

Preço da gasolina cai 8% nos postos em abril, aponta pesquisa da ValeCard

Ainda que em menor proporção, a queda nas bombas acompanhou a redução dos preços nas refinarias

Por Agência Estado

07 Maio 2020 às 10:48 • Última atualização 07 Maio 2020 às 11:28

O preço médio da gasolina comum nos postos no Brasil caiu 8% em abril na comparação com março. Com a redução da circulação de veículos por conta da pandemia do novo coronavírus, o consumidor pagou em média R$ 4,23 pelo litro da gasolina no mês passado. Em comparação com o valor médio de janeiro (R$ 4,762), a queda já chega a 11,17%. O levantamento foi feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Rio de Janeiro (R$ 4,678) e Acre (R$ 4,67) foram os Estados com o combustível mais caro no País. Já Paraná (R$ 3,777) e Santa Catarina (R$ 3,863) apresentaram os preços mais baratos.

Os Estados que tiveram as maiores quedas no valor da gasolina em abril foram Paraná (-13,85%), Distrito Federal (-12,95%) e Mato Grosso (-11,51%). O Amapá foi o único estado a registrar alta no valor em abril (2,76%).

Obtidos por meio do registro das transações realizadas em abril com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que Belém (R$ 4,722) e Rio de Janeiro (R$ 4,676) tiveram os preços mais altos entre as capitais. Curitiba (R$ 3,598) e Brasília (R$ 3,868) foram as capitais com preços mais baixos.

Nas refinarias, preço foi reajustado pela Petrobras nesta quarta-feira – Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

Ainda que em menor proporção, a queda do preço da gasolina nas bombas acompanhou a redução dos preços nas refinarias. Há expectativa sobre os valores agora em maio. Ontem, a Petrobras informou aos seus clientes que aumentou o preço da gasolina em 12% em suas refinarias. A companhia informou que o preço estava em defasagem em relação ao mercado internacional há algum tempo.