24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SUAS CONTAS

Prazo de obra: como cumprir o tempo previsto na execução de uma reforma

Arquiteta explica pontos de atenção para evitar o atraso tão temido por tantos moradores

Por Isabella Holouka

03 de dezembro de 2023, às 11h30

De acordo com a arquiteta Júlia Guadix, o conhecimento técnico de um profissional à frente da obra é um enorme diferencia - Foto: Guilherme Pucci

Um grande temor normalmente ronda quem está prestes a viver um período de reforma: prazos de obra que nunca são cumpridos e tempo estimado sempre crescente, assim como os custos da obra. Porém, quando o futuro morador entrega a realização do seu projeto e o acompanhamento nas mãos de um especialista, esse temor comum é amenizado, segundo a arquiteta Júlia Guadix, responsável pelo escritório Studio Guadix.

“O conhecimento que temos nos permite trabalhar com um planejamento real, levando em consideração os custos, quantidade de materiais e especificidades do trabalho, tornando o processo assertivo e organizado”, explana.

É claro que o surgimento de situações imprevistas ou intercorrências pode acontecer, mas ainda assim, diante dos fatos, quem vive a realidade de obras é capaz de gerenciar a questão e recalcular a rota. “Com tantas outras questões interligadas, fatos inesperados podem surgir, mas é justamente pela experiência que trazemos em nossa bagagem que conseguimos resolver problemas para que esse tempo não seja praticamente alterado”, explica.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

De acordo com a arquiteta, é preciso respeitar as etapas para que tudo ocorra de forma fluida. O primeiro passo para uma obra que anda bem, é ter um bom planejamento. E o planejamento da obra é o projeto. Um projeto bem conduzido deixa o cliente seguro das decisões que vai tomando e isso diminui consideravelmente as alterações solicitadas ao longo da obra. Mas projeto não é só imagem em 3D, já que ter o projeto executivo em mãos é fundamental para realizar os orçamentos e, posteriormente, iniciar a obra.

Tendo o panorama completo dos custos da obra, é possível reespecificar ou cortar algum item ou até mesmo programar a execução da obra em fases, de acordo com as possibilidades financeiras dos clientes. O importante é ter estes dados antes de comprometer seu orçamento, para evitar obra parada ou endividamento não previsto.

Como calcular o tempo de uma obra?

Para determinar o tempo investido em cada tarefa, leva-se em consideração os itens listados no orçamento para cálculo da atividade por meio da análise entre volume de serviço ‘versus’ a produtividade média. “E para que cada período seja cumprido, é fundamental considerar a presença de um responsável técnico para esse acompanhamento e gerenciamento das tarefas e prazos”, orienta a especialista.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Cada caso é um caso, mas a título de referência, desde que o projeto esteja plenamente acertado, uma obra de reforma completa de um apartamento leva, em média, seis meses para a sua realização. Em imóveis menores ou a reforma de apenas alguns ambientes, Júlia sugere um prazo menor de quatro meses. Mas é importante frisar que cada caso é um caso, para uma estimativa correta é preciso analisar o projeto, o imóvel, as restrições de horários de serviços e a disponibilidade financeira do cliente.

Embora todos os cálculos sejam essenciais, Júlia enfatiza que a comunicação é elemento chave para o sucesso. “Assim como em quaisquer outros cenários, conversas claras, objetivas e assertivas são primordiais para evitar mal entendidos que atrapalham aquilo que é esperado”, analisa.

Durante a obra, direcione as dúvidas e sugestões para o responsável e evite pedir alterações diretamente aos funcionários, isto pode gerar custo e prazo extra na sua obra, sem aviso prévio. Segure a ansiedade e lembre-se do porquê de cada escolha antes de pedir uma alteração – um bom arquiteto saberá te equilibrar neste ponto.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

O responsável pelo gerenciamento da obra deve manter o cliente ciente das compras e prazos para que não falte material na obra, nem que uma entrega seja feita antes do momento correto e acabe atrapalhando a dinâmica dos serviços, ou até sumindo ou danificando estes itens no decorrer da obra.

A pressa do final do ano

A reta final do último bimestre do ano é acompanhada pela ansiedade de ter o imóvel pronto para a alegria de realizar as festas na casa nova. Mas para a arquiteta, não adianta ativar o modo pressa no mês de novembro. “O indicado é adiantar o planejamento para meses antes, de modo a evitar a frustração de não inaugurar a reforma tão aguardada. Para uma reforma completa de um apartamento estar pronta para o Natal, sem dor de cabeça, recomendo fechar a contratação do projeto até fevereiro. E, se não ficar pronto, lembre-se que no próximo ano teremos Natal novamente!”, aconselha.

Publicidade