Petrobras diz que investimento estará concentrado no RJ, SP e ES


O investimento da Petrobras nos próximos anos estará concentrado em três Estados do Sudeste – Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. A afirmação é do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, participante nesta sexta-feira, 9, de palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

Em sua fala, ele destacou os investimentos no Rio de Janeiro, que, segundo o executivo, serão de US$ 54 bilhões nos próximos cinco anos, com destaque para o pré-sal e Comperj, onde está sendo construída uma unidade de processamento de gás natural (UPGN) e a interligação a uma nova rede de gasoduto de escoamento de gás do pré-sal, a Rota 3. Esse projeto vai consumir US$ 4 bilhões. Além disso, outros US$ 20 bilhões serão investidos na Bacia de Campos.

“O Rio de Janeiro vai se beneficiar muito se utilizar bem a arrecadação com o petróleo. Em 2022 ou 2023, o Rio de Janeiro será o terceiro maior produtor de petróleo e gás das Américas, atrás apenas dos Estados Unidos ou Canadá”, disse Castello Branco.

Questionado sobre a venda da Gaspetro e a possibilidade de a sócia na empresa, a japonesa Mitsui, passar a dominar o mercado de distribuição de gás natural, o presidente da Petrobras disse que a tendência é vender os ativos de distribuição de gás em blocos, sem detalhar, porém como isso acontecerá.

Na área de gás, ele disse também que a estatal estuda construir uma usina térmica a gás no Comperj, que, em sua opinião, “é o lugar ideal para isso”. Informou ainda que até 30 de setembro vai entregar operações de gás para o governo do Uruguai.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora