09 de agosto de 2022 Atualizado 22:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Pedro Guimarães confirma pedido de demissão da Caixa e publica carta no Instagram

Pedido de demissão acontece após MPF abrir investigação para apurar denúncias de assédio sexual feitas por funcionárias da Caixa

Por Agência Estado

29 de junho de 2022, às 18h21 • Última atualização em 29 de junho de 2022, às 18h35

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, confirmou em seu perfil no Instagram que pediu demissão do banco. Ele publicou a carta de demissão que encaminhou na tarde desta quarta-feira, 29, ao presidente da República, Jair Bolsonaro, cujo teor foi antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

O Ministério Público Federal (MPF) abriu investigação para apurar denúncias de assédio sexual feitas por funcionárias da Caixa contra Guimarães.

A abertura da investigação, que está em andamento sob sigilo, foi confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Cinco funcionárias relataram abordagens inapropriadas do presidente do banco. A revelação das denúncias foi feita pelo site Metrópoles na terça-feira, 28.

Guimarães estava à frente da Caixa desde 2019, sendo um dos poucos auxiliares do presidente Jair Bolsonaro que permanecia no mesmo cargo desde o começo do governo.

Ele era um dos auxiliares mais próximos a Bolsonaro, que busca a reeleição em outubro.

Publicidade