17 de junho de 2024 Atualizado 14:40

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Ouro fecha em alta, com consolidação da expectativa de cortes do Fed

Por Agência Estado

05 de junho de 2024, às 18h27

O ouro fechou em alta nesta quarta-feira, 5, recuperando perdas da terça-feira, com a consolidação das expectativas por cortes nos juros do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Investidores também monitoram sinais de demanda global.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para agosto fechou em alta de 1,20%, em US$ 2.375,50 a onça-troy.

A prata para julho também subiu 1,54%, a US$ 30,073 a onça-troy, e conseguiu recuperar nível de US$ 30.

Dados divergentes dos Estados Unidos apontaram nesta quarta-feira um cenário de “goldilocks” – força econômica acompanhada por arrefecimento dos preços e do emprego – capaz de oferecer ao Fed mais razões para começar cortes de juros, avalia a Navellier.

De acordo com a corretora de investimentos, essa perspectiva agradou os mercados e fortaleceu commodities.

Analistas da SP Angel apontam que também há sinais de aumento na demanda por ouro de fundos ETF, que devem ser os “catalisadores primários” para novos ralis daqui para a frente.

A consultoria também observa que os fluxos de compras chinesas do metal precioso parecem ter estabilizado e prevê que “as tensões geopolíticas persistentes devem incentivar a compra por bancos centrais”.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Publicidade