27 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:10

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Folia

Oito dicas para economizar e evitar perrengues financeiros no Carnaval

Algumas recomendações ajudam a reduzir custos da folia e os prejuízos diante de imprevistos

Por Isabella Holouka

11 de fevereiro de 2024, às 11h27

Alguns cuidados, como evitar usar o celular para fotos durante a folia, evitam prejuízos - Foto: Adobe Stock

A diversão pode custar caro aos foliões desatentos ou menos preparados para o Carnaval. Nem sempre os gastos com lazer estão previstos no orçamento e muita gente acaba se endividando. Por outro lado, é preciso tomar cuidado com furtos, roubos e perdas de bens, especialmente celulares e carteiras, que podem render grandes prejuízos.

Pensando nisso, o LIBERAL reuniu recomendações de especialistas em finanças pessoais e tecnologia para festejos mais econômicos, seguros e sem perrengues. Confira:

  • 1 – Opte por programas gratuitos: Pesquise na sua cidade o que está acontecendo. Os blocos de rua e eventos públicos são ótimas oportunidades para curtir o carnaval e evitar gastos com ingressos.
  • 2 – Leve suas bebidas e alimentos: Vale organizar com os amigos o rateio na compra de bebidas e petiscos no supermercado mesmo. Vocês podem levar um cooler ou isopor com os alimentos e bebidas, assim todos aproveitam a folia e ainda gastam bem menos.
  • 3 – Faça você mesmo: Você pode produzir a sua própria fantasia, com a ajuda de tutoriais na internet. Assim, pode economizar, ainda consegue dar o seu toque pessoal e se destacar com uma opção sustentável. Caso não consiga customizar a sua fantasia, peça emprestada a um amigo.
  • 4 – Leve apenas o essencial: Evite bolsas com itens desnecessários. Usar celular e cartão sempre em doleiras por debaixo da roupa e evitar ficar com o aparelho desbloqueado em meio a multidões são boas medidas de segurança.
  • 5 – Evite redes abertas: Para quem estará em lugares públicos, outra dica importante é não utilizar redes abertas de internet, apenas a própria rede do celular, evitando a invasão de pessoas mal-intencionadas e o vazamento de dados pessoais durante a navegação.
  • 6 – Desinstale aplicativos de banco: Se for levar o celular, reforce a segurança. Certifique-se de que aplicativos, senhas, fotos e outras informações confidenciais não estarão disponíveis. Assim, caso você perca o aparelho, o prejuízo tende a ser menor.
  • 7 – Fique de olho na hora de pagar: De preferência, utilize dinheiro ao invés de cartão. Mas se não for possível, não deixe o seu cartão na mão do vendedor. Passe você mesmo o cartão na maquininha.
  • 8 – Aja rápido em caso de imprevistos: O usuário que perder ou tiver roubado seu cartão ou celular deve entrar em contato com o banco imediatamente, para que a empresa agilize o bloqueio de transações indevidas. Isso vale também para o bloqueio do chip do aparelho, por meio da operadora telefônica. Também é recomendável agilidade no registro do boletim de ocorrência.

(FONTE: Provu e Wise)

Publicidade