27 de maio de 2024 Atualizado 20:20

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Meta de déficit zero continua e é importante para cumprir arcabouço fiscal, diz Alckmin

Por Agência Estado

13 de maio de 2024, às 19h30

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, disse nesta segunda-feira que, na terça-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciará mais um pacote de ajuda ao Rio Grande Sul, mas se negou a dar detalhes. Disse que prefere deixar os pormenores do plano para o presidente. O que vice adiantou é que os recursos destinados ao Rio Grande do Sul não afetarão as metas de primário.

Na sexta-feira o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, já tinha explicado que recursos destinados ao combate de efeitos resultantes de calamidades não entram para a contabilidade fiscal.

“A meta de déficit zero continua e ela é importante para o cumprimento do arcabouço fiscal”, disse o vice-presidente da República.

Alckmin disse também que o presidente Lula já autorizou a importação de 1 milhão de toneladas de arroz para aliviar o impacto na inflação já que o Rio Grande do Sul, que responde por 70% da produção do cereal do País perdeu toda sua safra em decorrência das enchentes.

“O presidente Lula tem afirmado que não faltarão recursos para socorrer o Rio Grande do Sul”, disse Alckmin, acrescentando que o governo editou uma portaria permitindo a importação de máquinas e equipamentos usados para o Rio Grande do Sul. “Antes era só era permitida a importação de máquinas e equipamentos para os quais não tinha produção nacional. Nós retiramos isso por 30 dias para o Rio Grande do Sul”, explicou.

Publicidade