Juros futuros caem mais de 40 pontos refletindo melhora global


Os juros futuros operam em queda em toda a curva nesta sexta-feira, 20, especialmente nos médios e longos, e essa desinclinação da curva reflete a melhora do humor nos mercados globais diante das ações de bancos centrais e governo diante da pandemia do coronavírus. O dólar fraco ante moedas emergentes e o real ajuda no movimento.

A queda na abertura foi de até 38 pontos-base, como no contrato de DI para janeiro de 2023, sendo que os curtos, como o janeiro 2021, abriu em baixa de 5 pontos.

Os vencimentos médios chegaram a cair mais de 40 pontos mais cedo e há pouco esse movimento era mais moderado.

Às 10h18, a taxa do depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2021 estava em 3,92%, de 3,93% no ajuste de ontem.

O DI para janeiro de 2022 marcava 5,50%, de 5,77%, enquanto o vencimento para janeiro de 2023 estava em 6,72%, de 6,96% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 exibia 7,78%, de 7,98%.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora