26 de maio de 2024 Atualizado 20:10

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

JBS investirá R$ 150 milhões para dobrar capacidade produtiva da unidade campo Grande II

Por Agência Estado

15 de abril de 2024, às 18h47

A JBS vai dobrar a capacidade de produção da unidade Campo Grande II, localizada na capital de Mato Grosso do Sul. A companhia anunciou investimento de R$ 150 milhões para permitir que, em um ano, o volume processado diariamente na agroindústria passe de 2,2 mil para 4,4 mil animais. A quantidade de colaboradores vai saltar de 2.300 para 4.600. Segundo a companhia, isso vai transformar a fábrica na maior unidade de bovinos da América Latina.

O anúncio da JBS ocorreu durante evento que marcou o primeiro embarque de carne bovina dessa fábrica para a China, na sexta-feira, 12.

A unidade Campo Grande II da JBS foi uma das 38 habilitadas pelo governo chinês em 12 de março passado.

A cerimônia teve as presenças do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, da ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, da ministra das Mulheres, Aparecida Gonçalves, e do governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, entre outras autoridades.

Em 12 de março, a China anunciou a habilitação para exportação de 24 plantas de processamento de bovinos, 8 de frangos, além de 1 de termoprocessamento e 5 entrepostos. A JBS foi a empresa com mais habilitações: 12, incluindo 2 da Seara, sendo que uma delas, a planta de Itajaí (SC), recebeu duas habilitações, para exportar carnes de frango e suína.

“Essas 38 habilitações para a China significam um passo gigantesco para o agronegócio brasileiro. Significam crescimento, geração de emprego e renda. Para indústria, para o campo, para as pessoas, para o comércio, para cidades”, afirmou o CEO global da JBS, Gilberto Tomazoni. “Operamos em muitos países ao redor do mundo e nenhum deles é hoje tão atrativo quanto o Brasil para se investir no agronegócio”, completou.

Antes da lista recente, o Brasil tinha 106 plantas habilitadas para exportar carne à China. O país asiático é o principal destino das exportações brasileiras de carne bovina, suína e de frango, se destacando como maior parceiro comercial para a proteína animal.

A unidade Campo Grande II foi construída em 2007 e adquirida pela JBS em 2010. Ela produz, todos os dias, 440 toneladas de carne e 136 toneladas de hambúrgueres (ou 2,4 milhões de unidades). Além da China, a fábrica pode exportar para Estados Unidos, Argélia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Argentina, União Europeia e Chile, entre outros destinos.

Publicidade