04 de julho de 2020 Atualizado 12:12

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Renda extra

Ganhando dinheiro em casa durante a pandemia

Em época de isolamento social, por causa da pandemia da Covid-19, a hora é do tão sonhado home office: use a criatividade para ter renda

Por Da redação

23 Maio 2020 às 10:45 • Última atualização 23 Maio 2020 às 10:46

Nesta época de distanciamento social as pessoas vêm procurando atividades e/ou hobbies para se distraírem. Ou talvez algumas, como profissionais informais, quando com dificuldades financeiras devido a baixa demanda de trabalho procuram formas de conseguir o sustento em época de pandemia.

O especialista em finanças Julio Souza reuniu algumas dicas de trabalho em casa – em outros termos, o tão sonhado home office.

1- Fazer e vender doces
Uma das objeções comuns dessa modalidade de trabalho é a falta de prática com utensílios de cozinha. O profissional interessado nesta área pode se especializar, se destacar e sair na frente dos muitos concorrentes que encontrará.

A dica é: faça diferente e surpreenda os clientes com promoções e brindes. Um cartão fidelidade pode ser um atrativo a mais. O sabor também é importante, e para fazer os melhores e mais gostosos doces, a internet está cheia de receitas.

Digitador – Foto: Divulgação

2- Freelancer
O termo se refere àquela pessoa que, sem contrato de trabalho, é contratada por outras pessoas ou empresas para realizar um trabalho específico. O que um freelancer pode fazer?

Digitar trabalhos e redigir artigos, editar vídeos e fotos, criar blogs e sites, bem como também atividades relacionadas a design e propaganda. O campo de atuação é extenso, e o interessado poderá encontrar projetos temporários através de sites como o Workana, 99 Frellas e o Vinte Pila.

3- Manutenção de celulares
O mercado de smartphones e dispositivos móveis é amplo, de modo que uma das melhores formas de se ganhar dinheiro é consertando celulares. Como exemplo poderá observar a grande quantidade de smartphones com a tela danificada.

Este tipo de manutenção, na maioria dos casos, vale mais a pena o investimento do que comprar um aparelho novo, demandando profissionais capacitados para este tipo de trabalho.

Dropshipping – Foto: Adobe Stock

4- Dropshipping
Consiste em receber pedidos de clientes e repassar para determinado fornecedor, que ficará responsável por todo o processo de envio da mercadoria. O dropshipper recebe por cada produto vendido e só se preocupa em vender.

Essa dica é bem legal, pois o profissional dropshipper quase não terá preocupações: além de não ter estoque físico, não terá custos como aluguel por exemplo. É necessário um pouco de treino, que é oferecido para qualquer pessoa que tenha no mínimo 18 anos.

5- Afiliado digital
Afiliado é aquele que divulga produtos na Internet em troca de % nas vendas. Ele não precisa ser dono do produto, pode simplesmente se afiliar ao produtor e divulgar seus links de venda por toda a Internet.

O produto pode ser físico ou online e assim como no dropshipping, o afiliado não se preocupa com a entrega. Esse mercado é incrivelmente extenso e qualquer pessoa pode facilmente viver exclusivamente dos ganhos deste mercado.

As principais plataformas para se cadastrar como afiliado são a Hotmart, Monetizze e Eduzz. Importante notar que a pessoa interessada precisa aprender a trabalhar de maneira profissional. Há muitas informações disponíveis para aqueles que desejam se tornar afiliados.

Fonte: juliocpsouza@outlook.com/thiago@blogdospernes.com.br

Dicas para mandar bem no home office

Especialista separa dicas e explica como sair na frente

Escolha do cômodo
Em primeiro lugar nas dicas para mandar bem no home office, está o cuidado com a escolha do local de trabalho. Dessa forma, é preciso buscar um ambiente mais tranquilo, confortável e longe das distrações. É importante ter neste ambiente uma boa cadeira, mesa espaçosa e ser bem ventilado e iluminado

Itens necessários
É preciso ter os itens certos para facilitar a adequação a nova rotina. Itens como suporte para notebook, teclado externo, mouse, fone de ouvido, bloco de notas e calendário são considerados essenciais na maioria dos trabalhos.

Rotina
O mais indicado é seguir a rotina da forma mais natural possível. Assim, a indicação é que os trabalhadores se mantenham fiéis ao horário de início e término do serviço, e dessa forma, também realize pausas, como almoço e lanche.

Estar online é fundamental – Foto: Divulgação

Estar online
Parece óbvio, mas tal cuidado é importante para o desenvolvimento profissional. Mesmo afastado do escritório, o resto da equipe precisa estar conectada de alguma forma. As empresas deverão proporcionar ou sugerir ferramentas para que os funcionários estejam acessíveis e mantenham contato. Tal contato pode ser feito via WhatsApp ou outros apps de videoconferência, como o Skype, por exemplo.

Aumente a produtividade
É comum no início ter dificuldade de organizar a rotina quando não se está acostumado a trabalhar fora do escritório. Por isso, uma das dicas para mandar bem no home office é a de se utilizar aplicativos de organização para monitorar progresso individual e da equipe como um todo.

Internet de qualidade
Para realizar home office, uma internet de qualidade é praticamente um requisito obrigatório. Dito isso, é recomendado investir um pouco em melhorar a qualidade da conexão de modo geral para não perder nenhum prazo, reunião ou cliente por causa de conexão

Ter um backup
Da mesma maneira, o armazenamento em nuvem é essencial para se manter prevenido. Esse cuidado é essencialmente importante para quem não tem acesso ao servidor da empresa. Google Drive e Google Docs são boas opções para guardar e compartilhar dados com outros membros da equipe.

Pausas
Embora em casa, não é recomendado ficar as oito horas do expediente sentado. Por isso, uma das dicas para ser produtivo no home office é fazer pequenas pausas. Seja para pegar café ou fazer um alongamento, há vários tipos de alongamentos para fazer durante o trabalho no YouTube, esses momentos ajudam inclusive a ter mais concentração e produtividade.

Distrações podem ser um problema – Foto: Divulgação

Distrações
Enquanto as pausas são necessárias, as intervenções e perda de atenção não devem estar na rotina. Portanto, o ideal é evitar ficar perto de pets, televisão, interfone, redes sociais e, se possível, de crianças.

Mesa limpa para o trabalho – Foto: Divulgação

Mesa limpa
Tão importante quanto o resto, está a limpeza da mesa de trabalho. A dica é determinar um dia na semana, pelo menos, para se jogar fora o que não é necessário, passar um pano e reorganizar. Esse cuidado é ainda mais importante para quem está com as crianças por perto

Metas diárias
Aqui entra um dos segredos para a produtividade: criar objetivos diários, como fazer um número de ligações ou fechamentos, por exemplo. Essas metas contribuem para manter o foco e a motivação.

Definir limites
O trabalhador deve conversar com a família e definir os momentos certos para interferências. Se estiver sozinho com crianças é mais difícil, porém o ideal é investir no diálogo e em atividades variadas para ter o ambiente mais calmo possível.

Se tiver um vizinho ou amigo que liga a toda hora, coloca música alta ou manda mensagens insistentemente, é importante ser educado e gentil, mas, deixar claro que estará indisponível naquele horário e que precisará de silêncio.

Fonte: geek360.com.br