23 de janeiro de 2022 Atualizado 09:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Empresas preveem alta de 2,2% na passagem de ônibus com alta do diesel

Entidade nacional ressalta que as revisões tarifárias dos ônibus vão acontecer ainda no primeiro trimestre deste ano

Por Agência Estado

12 jan 2022 às 18:11 • Última atualização 12 jan 2022 às 18:34

O aumento do preço do óleo diesel em 8%, anunciado na terça-feira, 11, pela Petrobras e válido a partir desta quarta-feira, 12, pode encarecer o valor médio das passagens de ônibus no País em 2,2%. O cálculo é da Associação Nacional das Empresas de Transporte Urbanos (NTU). A entidade ressalta que as revisões tarifárias dos ônibus vão acontecer ainda no primeiro trimestre deste ano.

Segundo a associação, o combustível representa 26,6% do custo das empresas operadoras do transporte público, sendo o segundo item com maior peso no valor da tarifa, depois da mão de obra.

Reajustes das passagens já foram realizados em 40 cidades, mas dezenas ainda estudam os novos valores a serem aplicados.

Se for computado o custo do reajuste do diesel dos últimos 12 meses, o impacto sobre o valor médio da tarifa é ainda maior: 18,8%,de acordo com a NTU.

“As empresas não sabem mais como lidar com esses aumentos recorrentes do óleo diesel, que inevitavelmente terão que ser repassados para o custo das tarifas”, diz Otávio Cunha, presidente executivo da entidade.

A associação diz ainda que as empresas de transporte público não querem mais aumentos da tarifa pública, que são definidos pelo poder público local, porque isso afugenta os passageiros.

Publicidade