China acusa EUA de “intimidação econômica” em caso de proibição de equipamentos


A China acusou nesta terça-feira os Estados Unidos de “comportamento de intimidação econômica”, após reguladores americanos citarem ameaças à segurança ao propor corte de financiamento para equipamentos chineses em redes de telecomunicações do país.

Em coletiva de imprensa diária, o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores chinês, Geng Shuang, disse que Pequim “se oporia de forma resoluta ao abuso de poder pelos EUA ao excluir empresas chinesas específicas com acusações indevidas na ausência de provas.”

“O comportamento de intimidação econômica dos EUA é uma negação do princípio da economia de mercado que os EUA sempre promoveram”, disse Geng, acrescentando que a eventual iniciativa de Washington “minaria os interesses” de empresas e consumidores americanos, principalmente em áreas rurais.

“Gostaríamos mais uma vez de pedir aos EUA que parem de abusar do conceito de segurança nacional”, disse o porta-voz.

No mês que vem, a Comissão Federal de Comunicações dos EUA irá votar sobre a possível proibição de que empresas de telecomunicações utilizem subsídios do governo para pagar por equipamentos de rede fornecidos pelas chinesas Huawei e ZTE.

De modo geral, a proibição afetaria pequenas empresas rurais, uma vez que as maiores operadoras móveis dos EUA não utilizam equipamentos das duas empresas chinesas. Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora