24 de fevereiro de 2021 Atualizado 16:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Bolsas de NY recuperam parte das perdas recentes e fecham em alta com pacote

Por Agência Estado

01 fev 2021 às 18:27 • Última atualização 01 fev 2021 às 20:11

Os índices acionários das bolsas de Nova York avançaram ao fim das negociações nesta segunda-feira, puxados pela retomada do otimismo de investidores diante das expectativas pela aprovação do pacote de estímulos fiscais nos Estados Unidos, após uma semana marcada por volatilidade em meio a especulações de investidores de varejo. O desempenho de ações de companhias de tecnologia também impulsionou as bolsas, e levou o Nasdaq, que concentra a maior parte desses papéis, a fechar em alta de mais de 2%.

O índice Dow Jones avançou 0,77%, a 30.211,91 pontos, o S&P 500 subiu 1,61%, a 3.773,86 pontos, e o Nasdaq se elevou 2,55%, para 13.403,39 pontos.

O presidente norte-americano, Joe Biden, vai se reunir com parlamentares republicanos após o fechamento do mercado em NY para discutir uma nova rodada de estímulos fiscais.

A Casa Branca tem defendido uma postura bipartidária pelo acordo, como reiterou mais cedo a porta-voz Jen Psaki, em coletiva de imprensa. Hoje, um grupo de 10 senadores divulgou uma carta a Biden com uma proposta de legislação no valor de US$ 618 e garantiu que pretende negociar “de boa fé” com o governo.

Companhias do setor de tecnologia também empurraram os índices para cima, com destaques para Amazon e Alphabet, controladora do Google, que subiram 4,26% e 3,60%, respectivamente, antes de divulgarem balanços na terça. Microsoft (+3,32), Apple (1,65%), Netflix (1,25%) e Facebook (1,42%) também registraram altas expressivas.

O pregão desta segunda também foi marcado pela queda de 30,77% nas ações da GameStop, que provocaram volatilidade nos mercados na semana passada devido à atuação de pequenos investidores reunidos em um fórum da rede social Reddit. O papel da AMC, também alvo de especulação, teve alta de 0,83%. A ação da GameStop começou a despencar após ter suas negociações temporariamente interrompidas pouco depois da abertura em NY.

O mercado também reagiu à alta do índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) dos EUA de janeiro, que subiu a 59,2, um recorde da série histórica medida pela IHS Markit.

Para a Capital Economics, apesar de ter ficado pra trás em recuperações anteriores da crise do coronavírus, o setor industrial deve acumular ganhos nos próximos meses com a provável alta da demanda doméstica por conta da contenção da covid-19 e o pacote de estímulos fiscais nos EUA. A atividade manufatureira também deve ganhar apoio de um dólar mais fraco, que favorece exportações, diz a consultoria.

Publicidade