14 de abril de 2024 Atualizado 21:11

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Bolsas da Europa operam mistas, após PMIs e PPI e à espera de ata de política monetária do BCE

Por Agência Estado

04 de abril de 2024, às 10h13

Por Sergio Caldas

São Paulo, 04/04/2024 – As bolsas europeias operam sem direção única e perto da estabilidade na manhã desta quinta-feira, após dados de atividade econômica e inflação da zona do euro e à espera de ata de política monetária do Banco Central Europeu (BCE).

Por volta das 6h40 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 tinha alta marginal de 0,07%, a 510,39 pontos.

Pesquisa final da S&P Global mostrou mais cedo que o PMI composto da zona do euro subiu para 50,3 em março, mais do que inicialmente estimado, ultrapassando a barreira de 50 que indica expansão pela primeira vez desde maio de 2023, com a ajuda do setor de serviços. Na Alemanha, os PMIs composto e de serviços do mês passado foram revisados para cima. Já os do Reino Unido sofreram revisão para baixo.

Ainda na zona do euro, o índice de preços ao produtor (PPI) caiu 1% em fevereiro ante janeiro e teve queda anual de 8,3%, em um momento em que o BCE monitora de perto a evolução dos preços do bloco para definir o melhor momento de começar a reduzir juros.

Com a perspectiva dos juros em mente, investidores vão acompanhar logo mais a ata da reunião de política monetária de março do BCE. Na ocasião, o BCE deixou seus juros básicos inalterados pela quarta vez seguida, e sua presidente, Christine Lagarde, sinalizou que junho poderá ser o momento de iniciar o relaxamento monetário.

Nas últimas semanas, Lagarde e outros dirigentes do BCE vêm persistindo que precisam ter mais confiança de que a inflação ao consumidor (CPI) da zona do euro está se movendo de forma sustentável para a meta oficial de 2% antes de considerar a hipótese de redução de juros.

Já nos EUA, a agenda traz a participação de várias autoridades do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) em eventos ao longo do dia, em meio a incertezas de quando o Fed também poderá começar a cortar juros.

Às 6h54 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,40%, a de Paris avançava 0,08% e a de Frankfurt ganhava 0,02%. Já as de Milão e Lisboa caíam 0,02% e 0,10%, respectivamente, enquanto a de Madri exibia alta de 0,67%.

Contato: sergio.caldas@estadao.com

Publicidade