13 de agosto de 2020 Atualizado 22:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Bolsas da Europa fecham sem direção única após sanções dos EUA ao Irã e payroll

Por Agência Estado

10 jan 2020 às 15:23 • Última atualização 10 jan 2020 às 18:43

As bolsas da Europa fecharam sem direção única nesta sexta-feira, 10, com maioria em queda. O mercado acompanhou o detalhamento das sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irã, além dos números do relatório de empregos americano de dezembro, conhecido como “payroll”, que frustraram as expectativas. Com isso, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,12%, a 419,14 pontos, com alta de 0,20% na comparação semanal.

Em coletiva de imprensa, o Secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse que as sanções econômicas prometidas pelo presidente do país, Donald Trump, contra o Irã vão atingir os setores da construção e indústria, além de autoridades importantes, o que ampliou o clima de incertezas. As medidas incluem fabricantes de aço, cobre e ferro.

Antes disso, já havia certo mau humor com a divulgação do payroll. Os EUA criaram 145 mil empregos em dezembro, resultado que veio abaixo da mediana de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de 159,5 mil.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 0,14%, a 7.587,85 pontos. Na comparação semanal houve queda de 0,45%. Destaque para ações do banco Barclays, que caíram 1,02%, e para as ações do HSBC, que se desvalorizaram em 0,59%. Já o índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, fechou em queda de 0,09%, aos 13.483,31 pontos, mínima do dia. Na comparação semanal, no entanto, houve alta de 2,00%.

Em Paris, o índice CAC 40 fechou em queda de 0,09%, aos 6.037,11 pontos, com queda semanal de 0,12%. Em Milão, o índice FTSE MIB registrou alta de 0,02%, aos 24.021,40 pontos, com alta semanal de 1,35%. O índice PSI 20, da Bolsa de Lisboa, fechou em alta de 0,55%, a 5.257,92 pontos. Na comparação semanal, houve alta de 0,30%. O índice Ibex 35, da Bolsa de Madri, fechou em leve queda de 0,09%, a 9.573,60 pontos, com queda semanal de 0,76%.