Autoridade Bancária Europeia autoriza bancos a serem ‘flexíveis’ com moratórias


A Autoridade Bancária Europeia (EBA, na sigla em inglês) autorizou que os bancos da região sejam flexíveis quanto a moratórias de clientes afetados pela pandemia de coronavírus. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 25, o órgão informou que as instituições não serão obrigadas a classificar essas moratórias automaticamente como default

“No entanto, isso não retira a obrigação de instituições de créditos de avaliarem a qualidade de crédito dos beneficiários dessas medidas e de identificar uma situação de inabilidade de pagamento”, ponderou a entidade, em nota.

A EBA destacou que apoia todas as medidas de governos para lidar com o impacto “adverso” da Covid-19 na economia, como moratórias em geral e adiamento de impostos. “Dada a natureza do presente choque, que também pode ter implicações a médio e longo prazo, a flexibilidade nos marcos contábeis e regulatórios deve ser totalmente utilizado pelas instituições para ajudar manter a solidez durante a crise e fornecer funções críticas à economia”, ressaltou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora