25 de fevereiro de 2021 Atualizado 21:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Aglomerações

Vigilância Sanitária do Rio fecha baile com centenas de foliões no Jockey Club

Foram interditados quatro estabelecimentos desde a noite de sábado até a madrugada de domingo

Por Agência Estado

14 fev 2021 às 18:14 • Última atualização 14 fev 2021 às 18:44

O Instituto de Vigilância Sanitária interditou quatro estabelecimentos desde a noite de sábado (13) até a madrugada de domingo (14), entre eles um baile de carnaval com centenas de pessoas no Bosque Bar, no tradicional Jockey Club, na zona sul do Rio de Janeiro. O estabelecimento foi multado e interditado tanto pela Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF, da Seop) quanto pela Vigilância Sanitária, além de ter equipamento de som apreendido. O público foi dispersado, segundo informação da Seop.

A Seop, a Guarda Municipal e o Instituto de Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Militar, percorreram locais com denúncias de eventos na Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Ipanema, Gávea e Lagoa. Equipes da Guarda também atuaram no Leblon, na Tijuca e em outros pontos da cidade.

Ao todo foram inspecionados 11 estabelecimentos e 7 multas foram aplicadas. Também foram apreendidos pelos fiscais sanitários e acautelados pela Coordenadoria de Controle Urbano (CCU, da Seop) equipamentos de som em três estabelecimentos.

Na Barra da Tijuca, a casa noturna Lalu Lounge, na Avenida Armando Lombardi, também promovia aglomeração e foi fechada. Além da interdição cautelar (até as 7h deste domingo) e multa, o local teve equipamento apreendido.

Desde a sexta-feira, já foram feitas 43 inspeções sanitárias, com 25 autos de infração, 14 interdições e 7 apreensões de equipamentos de som, informou a Seop.

A Guarda Municipal também está desde sexta-feira realizando fiscalizações na cidade e já fez 309 ações até o momento, sendo 227 multas de trânsito, 32 notificações sanitárias por falta do uso de máscara, aglomeração e 48 ocorrências e auxílios ao público e a outros órgãos. A ação foi concentrada na altura do bar Jobi, um dos mais famosos do Leblon, zona sul do Rio.

As equipes também fizeram a desobstrução da via pública ao trânsito, na altura da Praça Cazuza, e coibiram irregularidades de trânsito, como o estacionamento em fila dupla cometido por motoristas de táxis. Duas caixas de som foram apreendidas na Rua Dias Ferreira e na Avenida Ataulfo de Paiva. Uma banca de jornal em frente ao bar Jobi teve bebidas apreendidas conforme proibição estabelecida por decreto municipal

Como medida para coibir a aglomeração nas ruas, os agentes utilizam ainda sirenes das viaturas para provocar a saída das pessoas da via pública, informou a Seop.

Publicidade