24 de setembro de 2020 Atualizado 08:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Brasil

Tiroteios caem 23,6% no Rio, mas número de mortos cresce 2,4%, diz Fogo Cruzado

Por Agência Estado

01 jan 2020 às 14:24 • Última atualização 01 jan 2020 às 17:48

A região metropolitana do Rio terminou 2019 com 7.363 tiroteios registrados pela plataforma Fogo Cruzado, queda de 23,6% em relação ao total de 2018, mas, ainda assim, acima dos 5.507 registros de 2017. Apesar da queda nos registros de tiroteios, o total de mortos nas trocas de tiro cresceu 2,4% em 2019, para 1.517, também acima dos 1.330 mortos por disparos em 2017.

A queda no número de tiroteios em 2019 foi impulsionada pelo desempenho de dezembro, quando foram registradas 362 trocas de tiro na região metropolitana do Rio, com 166 pessoas baleadas, 93 delas mortas. Em comparação com dezembro de 2018, houve uma queda de 49% nas trocas de tiros – foram 711 em dezembro de 2018, com 210 pessoas baleadas, sendo 94 delas mortas.

Segundo a plataforma Fogo Cruzado, dezembro passado foi o primeiro mês com registros de tiroteios abaixo de 400 desde abril de 2017. “O número de tiroteios/disparos de arma de fogo registrados em dezembro já é o 8º menor desde que o Fogo Cruzado foi criado, em julho de 2016”, diz uma nota divulgada pela plataforma.

A Fogo Cruzado mapeia a ocorrência de tiroteios por meio de um aplicativo por celular. Além de receber notificações de usuários, a equipe da plataforma recebe informações diretas de parceiros que atuam em diferentes localidades.

“Só são consideradas fontes conhecidas, com as quais já existe relacionamento prévio, como coletivos, comunicadores e moradores ativos localmente”, diz um texto do site da Fogo Cruzado.

Por fim, a plataforma usa “informações recolhidas via imprensa e canais das autoridades policiais” em seus mapeamentos.

Publicidade