03 de agosto de 2021 Atualizado 21:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Queiroga anuncia chegada de 1,5 milhão de doses da vacina Janssen

Ministro destacou que a vacina de dose única deve acelerar a imunização no País

Por Agência Estado

21 jun 2021 às 12:35 • Última atualização 21 jun 2021 às 15:03

Queiroga participou de audiência no Senado na manhã desta segunda-feira, 21 - Foto: Roque de Sá - Agência Senado

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o País deve receber nesta terça-feira, 22, 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen contra covid-19. Segundo o ministro, o imunizante deve chegar pelo aeroporto de Guarulhos (SP). Ele destacou que a vacina de dose única deve acelerar a imunização no País.

Queiroga, que participou de audiência no Senado na manhã desta segunda-feira, 21, lamentou que tenha ocorrido um atraso na entrega da vacina fabricada pela Johnson & Johnson. A farmacêutica deveria ter enviado 3 milhões de doses do imunizante na última terça-feira (15).

No entanto, a empresa suspendeu o envio das vacinas. Em resposta ao Estadão/Broadcast, a farmacêutica não explicou o motivo do atraso, e declarou que seguia dialogando com as autoridades brasileiras. O Ministério também não explicou o atraso no envio do medicamento.

Queiroga também comentou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, garantiu que não faltarão recursos para a Saúde. “De tal sorte que a expectativa é que tenhamos no ano de 2021 um orçamento próximo ou um pouco superior ao que houve no ano de 2020”, declarou.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, ainda nesta semana podem ser anunciadas novas antecipações de doses adicionais da Janssen. Para Cruz, também existem “tratativas bem avançadas” para trazer 1 milhão de doses adicionais da Coronavac junto com o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) que o Ministério espera receber da China no próximo dia 24.

Publicidade