24 de maio de 2024 Atualizado 16:59

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Prefeitura de Canoas emite alerta pedindo evacuação de 6 bairros: ‘As águas retornarão’

Por Agência Estado

12 de maio de 2024, às 19h06

A prefeitura de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, emitiu no período da tarde deste domingo, 12, um alerta solicitando a evacuação de moradores em seis bairros da cidade: Rio Branco, Fátima, Mato Grande, Harmonia, Mathias Velho e São Luis.

Mais cedo, a pasta afirmou que o alerta para evacuação do bairro Niterói também está mantido.

Isso porque, em virtude das novas chuvas que chegam ao Rio Grande do Sul, a região ainda está sob risco. Ao menos 13 pessoas morreram na cidade.

A gestão municipal da cidade afirmou que, de acordo com estudos fornecidos por institutos de meteorologia, o volume de chuvas esperado em Canoas entre sexta-feira, 10, e segunda, 13, estava entre 85 e 173 milímetros (mm), o que pode agravar a situação.

“As águas retornarão. Se a pessoa ficar, ela possivelmente terá de ser resgatada”, disse o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, em vídeo publicado nas redes sociais. Ele fez um apelo aos moradores da cidade pela evacuação imediata dos bairros listados.

Segundo ele, as chuvas intensas que caíram nas últimas horas nos vales de rios como Jacuí, Taquari e Gravataí podem afetar ainda mais a cidade, sobretudo na região oeste.

“Todas essas águas começam a desembocar aqui em Canoas”, disse Jorge.

Até o momento, Canoas tem 19,4 mil pessoas desabrigadas (sendo 83 dela em abrigos) e 78,4 mil desalojadas, que informaram estar em casas de parentes, amigos ou conhecidos.

A orientação da Defesa Civil é que os moradores que ficaram desalojadas ainda não retornem para as suas residências. A ocorrência de novas pancadas de chuva e a mudança de rajadas para Vento Sul podem contribuir para novo aumento do nível dos rios.

A cidade já registra 13 mortes em decorrência das fortes chuvas, segundo o balanço mais recente, das 12 horas deste domingo. Ao menos outras 12 pessoas estão desaparecidas.

Em todo o Estado, já são 143 óbitos confirmados. Além disso, há 131 desaparecidos e 806 feridos. Mais de 2,1 milhões de gaúchos já foram afetados pelas chuvas no Estado.

Diante do iminente avanço da água para novos bairros de Canoas, a Secretaria Municipal de Obras da cidade trabalha com alternativas para o escoamento da água que toma o lado oeste da cidade.

Entre as medidas definidas está a instalação de bombas flutuantes para ajudar escoar áreas que foram comprometidas pela ruptura dos diques localizados nos bairros Rio Branco e do Mathias Velho.

Atualmente, apenas as casas de bomba 1 e 2, no bairro Niterói, seguem com funcionamento normal e com monitoramento 24 horas.

Equipes da secretaria de Obras de Canoas se revezam nos locais para garantir o funcionamento dos equipamentos.

Publicidade