Por coronavírus, Minhocão é fechado para pedestres por tempo indeterminado


O Elevado Presidente João Goulart, o Minhocão, está fechado para o tráfego de pedestres por tempo indeterminado desde sábado, 21. A medida foi tomada pela Prefeitura de São Paulo para impedir a formação de aglomerações e evitar o avanço do novo coronavírus na capital.

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana mantém equipes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) com rondas frequentes para abordar pedestres e ciclistas que violem a determinação. Além disso, barreiras foram colocadas nos acessos do elevado.

Em nota, a gestão Bruno Covas (PSDB) afirmou que a ação da GCM ocorrerá nos períodos em que a via costuma estar interditada para o tráfego de veículos. “É válido ressaltar que a conscientização da população é de extrema importância para evitar a contaminação do coronavírus e a recomendação é que todos evitem aglomerações”, ressalta a gestão municipal.

Neste domingo, 22, vizinhos do Minhocão compartilharam vídeos de pessoas que desrespeitaram a determinação. Segundo relatos, frequentadores do elevado chegaram a ser hostilizados com gritos, além de água e objetos arremessados da janela de apartamentos.

Além do Minhocão, desde segunda-feira, 16, a pandemia da covid-19 também motivou a suspensão do programa Ruas Abertas por tempo indeterminado.

Com a decisão, o tráfego de veículos está liberado em todos os dias e horários nas vias que integram o programa, inclusive a Avenida Paulista, no centro expandido, e a Avenida Sumaré, na zona oeste, dentre outras.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora