Moradora de rua é morta por homem após pedir R$ 1 em Niterói

Imagens de segurança mostram a mulher abordando ele e momentos depois, ele saca arma, atira nela e segue andando tranquilamente


Vídeo:

Uma moradora de rua foi morta a tiros no centro de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, depois de pedir esmola a um homem. O crime aconteceu na madrugada do último sábado, 16, e foi registrado por câmeras de segurança. Aderbal Ramos de Castro foi preso nesta terça-feira, 19.

Segundo a polícia, Zilda Henrique dos Santos Leandro, de 31 anos, conhecida como Néia, abordou Castro para pedir R$ 1.

Imagens das câmeras de segurança mostram o momento em que a mulher aparece falando com ele e gesticulando. Castro tenta desviar da mulher, mas ela o segue. Logo depois, ele saca um revólver calibre 38 e dispara duas vezes contra Néia.

O crime foi registrado por câmeras de segurança.

O homem sai andando sem pressa pela calçada, segurando a arma, enquanto a vítima agoniza no chão. Outra mulher, que testemunhou o crime, tenta pedir ajuda a motoristas que passam pelo local, mas ninguém para.

Após a chegada da polícia, finalmente, Néia é socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima. Ela não resistiu aos ferimentos.

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói identificaram o criminoso pelas imagens das câmeras de segurança. Depois de ser preso, Castro confessou o crime.

Ele alegou, no entanto, que a mulher estaria tentando roubá-lo e que ele teria agido em legítima defesa. As imagens deixam claro, no entanto, que não houve tentativa de assalto.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora