02 de março de 2021 Atualizado 22:34

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Medo, esperança e planos marcam 1º dia de vacinação para idosos em SP

Por Agência Estado

05 fev 2021 às 13:47 • Última atualização 05 fev 2021 às 14:55

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), participou na manhã desta sexta-feira, 5, do primeiro dia de vacinação contra a covid-19 em idosos acima dos 90 anos, em uma Unidade Básica de Saúde do Santo Amaro. Inicialmente programada para começar na próxima segunda-feira, 8, a imunização desse grupo foi adiantada e deve cobrir uma população média de 33 mil pessoas.

“Eu falei que ia me esconder porque não queria tomar vacina, o povo tava dizendo que eu ia morrer”, conta Maria Carolina Biaggio, de 102 anos.

Ela compareceu à UBS acompanhada da neta e diz que agora confia “no pessoal que faz a vacina”. “Vi muita gente doente, muitos conhecidos morreram e dois filhos meu pegaram [a covid] também. Agora é só esperar a segunda dose.”

Juntos há 61 anos, Ana e Joaquim da Silva Santos foram tomar a vacina de mãos dadas e acompanhados da filha. Tanto ele, de 91 anos, quanto ela, de 93, se dizem mais tranquilos agora que receberam a primeira dose da Coronavac.

“Agora não tem mais tanto perigo, né? Antes, eu tinha sempre receio de pegar alguma coisa. Não aguento mais ficar em casa, tô louca pra sair na rua livremente, ir ao supermercado”, conta Dona Ana, sorrindo.

A segunda aplicação em idosos acima dos 90 anos que receberam a primeira dose nesta sexta está programada para começar no próximo dia 20.

Antes disso, no dia 10, recebem a segunda aplicação as pessoas que participaram da primeira fase, iniciada em 17 de janeiro. De acordo com administração municipal, serão 230 mil doses utilizadas.

Ainda na próxima terça-feira, 9, o calendário municipal passa a imunizar todos os profissionais de saúde autônomos, acima dos 60 anos e que não estiveram na linha de frente do combate à pandemia.

A vacinação estará disponível nas 468 UBSs do município e nos cinco pontos de drive-thru do município odontólogos, enfermeiros, técnicos auxiliares, biólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, dentre outros.

Publicidade