05 de junho de 2020 Atualizado 22:27

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Brasil

Mandetta: Só trabalho com a academia, só trabalho com a Ciência

Por Agência Estado

01 abr 2020 às 20:34 • Última atualização 01 abr 2020 às 22:25

Após ficar de fora de reunião do presidente Jair Bolsonaro com um grupo de médicos para tratar de cloroquina, nesta quarta-feira, 1º, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que só trabalha com ciência, enquanto “outros trabalham com critérios políticos”.

“Só trabalho com a academia, só trabalho com a Ciência. Existem pessoas que trabalham com critérios políticos, que são importantes também, deixem que eles trabalhem. Eu trabalho com foco, disciplina e ciência”, disse Mandetta ao ser questionado sobre o encontro por jornalistas, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

Pressionado a alinhar o discurso ao de Bolsonaro, que critica medidas de isolamento social, Mandetta disse que vai se pautar pela ciência “até o limite de tudo o que estiver na nossa frente”.

“Se isso dá um barulho aqui ou ali, é secundário, terciário. Querem trazer sugestão de quem quer que seja? Tragam com ciência, pesquisa referendada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), que é quem vê questão de medicamento”, afirmou. “Eu trabalho com critérios técnicos. O resto não analiso.”

Nos últimos dias, Mandetta reafirmou diversas vezes que o uso da cloroquina para tratamento do novo coronavírus ainda não tem comprovação científica e que o medicamento só deve ser usado em casos graves com a devida orientação médica. Do contrário, pode ter consequências.

Bolsonaro, por sua vez, já chegou a dizer recentemente que o fármaco, usado para malária e outras doenças, tem tido eficácia de “100%” para tratar a covid-19.