14 de junho de 2024 Atualizado 14:36

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Governo de SP entrega balsas e fala em parceira público-privada para o serviço de travessias

Por Agência Estado

09 de junho de 2024, às 00h23

A gestão do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), esteve neste sábado, 8, em São Sebastião, litoral norte do Estado, para entregar duas balsas que haviam sido recolhidas para a manutenção, em razão dos desgastes provocados pelo tempo.

Uma das balsas, a FB-28, com capacidade para transportar 44 veículos e 162 pedestres, será utilizada para a travessia entre as cidades de Ilhabela e São Sebastião. A outra embarcação entregue, que vai operar o trajeto entre Santos e Guarujá, na Baixada Santista, pode carregar ao todo 20 veículos e 158 pedestres.

Os custos para a manutenção das balsas, uma medida realizada pela Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, foi de R$ 15 milhões. No evento de entrega das veículos aquáticos, Tarcísio informou que outras nove embarcações do tipo serão reformadas, sob o custo de R$ 62 milhões.

“É menos tempo de espera, menos transtorno e mais turista que vai chegar. São balsas que foram ficando sucateadas ao longo do tempo e era necessário retirá-las, levar para o estaleiro e fazer a manutenção. Temos uma região que tem um potencial turístico enorme e, portanto, é preciso ter um serviço de melhor qualidade”, afirmou Tarcísio de Freitas.

Tarcísio afirmou ainda que o governo estuda uma parceira público-privada para a realização do serviço de travessia. Atualmente, o governo é responsável por oito trechos. “A gente tem uma região com potencial turístico enorme, temos que trazer turistas para cá (São Sebastião) e, portanto, temos que ter um serviço de melhor qualidade”.

Ainda de acordo com o governo, outras quatro embarcações, que estão em manutenção, têm previsão de serem entregues entre julho e setembro. O custo desta operação será de R$ 30,5 milhões.

“São investimentos visando a segurança e a melhora na prestação dos serviços. Sabemos como isso afeta a vida dos usuários”, disse a secretária estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende, citando a entrega de outras cinco balsas no ano passado.

O governo paulista também anunciou medidas para a gestão das balsas que operam nas travessias entre Santos-Guarujá, Guarujá-Bertioga, São Sebastião-Ilhabela e Cananéia-Ilha Comprida.

A proposta é fazer a digitalização de informações, como força da maré, situação dos acessos e quantidade de veículos em espera, para agilizar as operações do transporte. A ideia é que o conteúdo seja compartilhado com os operadores da travessia por meio de uma plataforma digital.

Publicidade