04 de junho de 2020 Atualizado 17:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Cotidiano

Estado do Rio tem 2.209 profissionais de saúde afastados por covid-19

Por Agência Estado

30 abr 2020 às 12:38 • Última atualização 30 abr 2020 às 14:37

O Estado do Rio de Janeiro tem 2.209 profissionais de saúde afastados de suas funções por terem contraído ou estarem com suspeita do novo coronavírus. O número diz respeito a profissionais que atuam nas redes públicas de saúde estadual e também da capital fluminense.

Segundo levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES), 1.169 profissionais estão afastados. O número representa 6% da força de trabalho na saúde na rede estadual. A maior incidência está no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio. Na unidade, 175 funcionários já foram afastados, entre médicos, enfermeiros e técnicos.

Na capital, dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) apontam que 1.040 profissionais estão de licença por estarem com suspeita ou confirmação de covid-19. Além deles, outros 277 estão afastados das funções por terem 60 anos ou mais. No total, 2,9% dos 45 mil funcionários que trabalham em unidades municipais de saúde estão afastados.