26 de maio de 2024 Atualizado 15:25

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Defesa Civil alerta para novas ‘inundações severas’ no RS

Por Agência Estado

13 de maio de 2024, às 07h54

As fortes chuvas que assolam o Rio Grande do Sul podem piorar ainda mais a situação ao longo dos próximos dias nas regiões dos vales do Caí e do Taquari, no interior do Estado. Até o momento, ao menos 143 pessoas morreram. Outras 125 estão desaparecidas.

Mais de 2,1 milhões de gaúchos já foram afetados pelas chuvas, naquele que já é considerado o maior desastre climático da história do Rio Grande do Sul. Entre eles, 532 mil estão desalojados e 81 mil, recolhidos em abrigos.

Os números, apesar de expressivos, ainda são parciais. Neste domingo, 12, a Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu alerta apontando que os rios Caí e Taquari, que já estão em cota de inundação, apresentarão elevação significativa de seus níveis até esta segunda-feira, 13.

Em meio a isso, o órgão alerta que ocorrerão “inundações severas”, gerando mais transtornos à população, especialmente em áreas já atingidas recentemente.

O pedido é que a população não retorne aos locais já inundados e permaneça em segurança.

Entre as cidades em alerta no Vale do Taquari estão Encantado, Lajeado e Roca Sales, onde uma família morreu abraçada durante um deslizamento na última semana.

Já no Vale do Caí, os municípios que podem ser atingidos por novas inundações são Montenegro, São Sebastião do Caí, Feliz, Bom Principio e Nova Petrópolis.

Canoas emite alerta de evacuação em alguns bairros

Além dessas cidades, a prefeitura de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, emitiu na tarde deste domingo um alerta solicitando a evacuação de moradores em seis bairros da cidade por risco de alagamento: Rio Branco, Fátima, Mato Grande, Harmonia, Mathias Velho e São Luis.

Mais cedo, a pasta afirmou que o alerta para evacuação do bairro Niterói também está mantido. Isso porque, em virtude das novas chuvas que chegam ao Rio Grande do Sul, a região ainda está sob risco. Ao menos 13 pessoas morreram na cidade.

“As águas retornarão. Se a pessoa ficar, ela possivelmente terá de ser resgatada”, disse o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, em vídeo publicado nas redes sociais. Ele fez um apelo aos moradores da cidade pela evacuação imediata dos bairros listados.

Publicidade