24 de fevereiro de 2021 Atualizado 21:40

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Datas para vacinação de novas faixas etárias serão anunciadas sexta-feira

A partir do início da entrega de 3,4 milhões de doses para o Ministério da Saúde nesta terça-feira, novos grupos vão começar a ser imunizados

Por Marina Zanaki

22 fev 2021 às 14:47

A partir de amanhã, serão entregues 426 mil doses por dia - Foto: Prefeitura de Americana / Divulgação

As datas para vacinação de novas faixas etárias contra o novo coronavírus (Covid-19) serão divulgadas nesta sexta-feira (26) pela Secretaria de Estado da Saúde.

O anúncio será possível após o Instituto Butantan enviar um novo lote de doses da Coronavac, vacina produzida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, na terça-feira. A partir de amanhã, serão entregues 426 mil doses por dia, e ao longo de oito dias serão enviadas um total de 3,4 milhão de vacinas.

Até o momento, o Estado de São Paulo está vacinando pessoas acima de 85 anos. A próxima etapa é a vacinação de idosos a partir de 80 anos, que se inicia em 1° de março. Nesta segunda-feira, São Paulo bateu o número de 2 milhões de vacinas aplicadas, entre primeira e segunda dose.

Na RPT (Região do Polo Têxtil), apenas Santa Bárbara d’Oeste e Hortolândia ainda possuem doses da primeira aplicação, que vão acabar esta semana.

“Assim que o Butantan fizer a entrega, vamos anunciar novas etapas da vacinação, mas toda nossa distribuição e logística já está muito bem acordada. No começo, prevíamos colocar nos 645 municípios as doses em cinco dias, hoje é possível que se faça em menos tempo”, disse a Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde, Regiane de Paula.

Fiocruz vai receber na terça-feira 2 milhões de doses prontas

Um voo com 2 milhões de doses prontas da vacina AstraZeneca decolou nesta segunda-feira da Índia e deve desembarcar no Brasil nesta terça-feira. Elas foram produzidas pelo Instituto Serum, parceiro da AstraZeneca na Índia.

Mesmo prontas, as vacinas precisarão passar primeiro pela Fiocruz para que possam ser rotuladas antes de serem distribuídas ao Programa Nacional de Imunizações.

No dia 27 de fevereiro, está prevista também a chegada de mais dois lotes de IFA (Instituto Farmacêutico Ativo), com o equivalente de insumo para produção de cerca de 12 milhões de doses da vacina da Fiocruz.

Publicidade