15 de junho de 2024 Atualizado 17:54

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Cobra do Butantan que estava desaparecida é encontrada

Por Agência Estado

07 de junho de 2024, às 07h42 • Última atualização em 07 de junho de 2024, às 10h26

O filhote de serpente naja, que estava desaparecido do Instituto Butantan (zona oeste de São Paulo) desde o começo de maio, foi encontrado, vivo, nesta quinta-feira, 6. O animal foi localizado dentro de um duto do Laboratório de Herpetologia da entidade, e está sob os cuidados de pesquisadores e veterinários da instituição.

De acordo com o instituto, o local onde a cobra fica é frequentado apenas por profissionais e pesquisadores do Butantan, e fica distante do espaço aberto para visitantes, como o Parque da Ciência e museus.

A cobra estava desaparecida desde o começo do último mês, mas o sumiço foi divulgado no dia 21 de maio. Para encontrá-la, o Instituto Butantan acionou um plano de contingência próprio para este tipo de situação e realizou uma apuração interna para investigar como o filhote de naja tinha conseguido escapar.

Na ocasião, o instituto levantou a hipótese de o animal ter entrado em um cano do laboratório através de um ralo. Isso porque as câmeras de monitoramento checadas na investigação não captaram nenhuma imagem do animal fora do laboratório.

Sem ter informações durante semanas, os pesquisadores cogitaram a possibilidade da cobra ter morrido no encanamento.

“Nosso filhote foi encontrado no lugar onde a gente imaginava, dentro do próprio laboratório, nos dutos. Ela (a cobra) ficou lá escondida por muito tempo. Nos dutos, ela ficou livre dos predadores do Butantan, ficou protegida e pôde até beber água, que tinha em alguns locais”, explicou Giuseppe Puorto, diretor Cultural do Butantan.

“As cobras conseguem ficar muito mais tempo sem comer do que beber. É bom lembrar que ela esteve longe de todo o parque de visitação. Estava no laboratório, junto com os pesquisadores, só que escondidinha durante todo este tempo. E agora, foi finalmente encontrada”, completou o diretor.

Publicidade