14 de junho de 2024 Atualizado 14:36

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Cotidiano

Chuvas no RS: 37 mil famílias recebem segundo lote do Auxílio Reconstrução; veja como solicitar

Por Agência Estado

04 de junho de 2024, às 16h55

Começa nesta terça-feira, 4, o pagamento do segundo lote do Auxílio Reconstrução, no valor de R$ 5,1 mil, voltado a vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. Mais de 37 mil famílias receberão o benefício nesta fase. Cerca de 10 mil, no entanto, ainda precisam confirmar os dados cadastrados pelas prefeituras das cidades atingidas.

Na segunda fase do Auxílio Reconstrução, o programa vai beneficiar mais de 47 mil famílias, totalizando mais de 92 mil lares nas duas remessas. Moradores de 369 cidades gaúchas estão habilitadas a receber o auxílio, de acordo com o governo federal. A lista completa dos municípios está no site oficial do Auxílio Reconstrução, que também deve ser acessado para a realização da confirmação dos dados.

A estimativa do governo é que R$ 1,2 bilhão seja distribuído para cerca de 240 mil famílias recuperarem parte de seus bens perdidos, como roupas, móveis e eletrodomésticos. O benefício será operado pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional e pago pela Caixa Econômica Federal.

Como receber o Auxílio Reconstrução

O cidadão identificado como responsável pela família deve acessar o site do Auxílio Reconstrução no portal Gov.br e apertar a opção Sou Cidadão, que aparece no lado direito da tela. As mulheres terão preferência para o recebimento da ajuda.

Uma tela de acesso do Gov.br vai aparecer. O morador deve usar seu login e senha cadastrados para entrar no sistema e confirmar os dados.

Dados incorretos

Caso haja erro de informações no sistema, como nome, CPF e endereço incorretos, o cidadão deve ir pessoalmente à prefeitura para fazer a correção.

Dados que não aparecem no sistema

As prefeituras são as responsáveis por cadastrar as informações no sistema do Governo Federal. Para os usuários em que os dados ainda não aparecem no sistema, a recomendação do governo é que entrem periodicamente no site para saber se a sua família foi cadastrada.

Pagamento

A previsão do governo é de início dos pagamentos para ainda este mês. Os depósitos, no entanto, vão depender da velocidade do envio das informações das prefeituras e da confirmação dos dados pelas famílias.

Saque do auxílio

O responsável pela família que possui conta corrente ou poupança no banco terá o valor depositado automaticamente. Para os beneficiários que não possuam conta aberta, a instituição financeira vai abrir uma Conta Social Digital para fazer o pagamento, que poderá ser conferido e movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem.

Família

Cada família pode receber apenas um auxílio. O recebimento por dois ou mais moradores da mesma casa constitui fraude, sujeito a sanções penais e cíveis cabíveis, e devolução do valor.

Titular de outros benefícios

Mesmo que seja titular de outros benefícios previdenciários, trabalhistas e sociais, como Bolsa Família e seguro-desemprego, o cidadão poderá receber o auxílio caso se encaixe nos requisitos.

Publicidade