07 de março de 2021 Atualizado 11:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Centro de Contingência recomenda restrições “extraordinárias” para frear variante

Sugestões estão sendo analisadas pelo governador João Doria (PSDB); Araraquara decretou lockdown total por 60 horas

Por Marina Zanaki

22 fev 2021 às 15:36

Com o objetivo de frear a aceleração do contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), principalmente diante da identificação de variantes no Estado de São Paulo, o Centro de Contingência recomendou medidas “extraordinárias” de restrição.

As sugestões estão sendo analisadas pelo governador João Doria (PSDB) e serão divulgadas na coletiva de imprensa de quarta-feira (24).

Coordenador-executivo do Centro de Contingência, João Gabbardo revelou que as medidas têm como objetivo reduzir mobilidade e movimentação de pessoas. Contudo, não detalhou quais seriam as proibições e nem quais região seriam incluídas.

“O Centro de Contingência apresentou hoje ao governador algumas recomendações extraordinárias, além do que está previsto no Plano São Paulo. O governo está fazendo a análise, preparando atos do ponto de vista jurídico. As medidas serão anunciadas na quarta-feira para começarem a vigorar na sexta-feira”, disse Gabbardo.

“São recomendações que obviamente tratam da redução da mobilidade, redução da movimentação de pessoas, é o que podemos fazer para reduzir taxa de transmissibilidade. Independente de ser variante, a forma de reduzir a transmissibilidade é a mesma, reduzindo contato com as pessoas”, finalizou o especialista.

A sugestão de medidas complementares ao Plano São Paulo é adotada em meio a uma situação dramática no interior, em que as restrições já impostas não estão sendo suficientes para impedir o colapso.

A Prefeitura de Araraquara determinou lockdown total por 60 horas entre domingo e terça-feira. Nem mesmo supermercados estão autorizados a abrir nesse período, e apenas podem funcionar farmácias e estabelecimentos de saúde.

Postos de combustível só poderão atender veículos de serviços públicos, e quem for flagrado transitando sem necessidade será multado em R$ 6 mil. O lockdown foi adotado diante do colapso do sistema de saúde da cidade, após identificação da circulação de cepas variantes na cidade.

O Estado de São Paulo identificou 25 casos de variantes de coronavírus, entre cepas da cidade de Manaus (AM) e a britânica. Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn revelou que devem ser divulgadas “novidades” sobre cepas variantes entre esta segunda e terça-feira.

Publicidade