01 de dezembro de 2021 Atualizado 11:07

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

IBGE

Apesar da pandemia, expectativa de vida do brasileiro tem ligeira alta em 2020

O aumento, embora pequeno, mantém a tendência de crescimento da taxa por anos consecutivos

Por Agência Estado

25 nov 2021 às 10:12 • Última atualização 25 nov 2021 às 11:56

A expectativa de vida do brasileiro subiu dois meses em 2020, passando de 76,6 anos em 2019 para 76,8 anos. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As informações estão na Tábua Completa de Mortalidade de 2020, publicada no Diário Oficial da União (DOU).

O aumento, embora pequeno, mantém a tendência de crescimento da taxa por anos consecutivos. Há quase dez anos, em 2011, a esperança de vida do brasileiro era de 74,1 anos.

No ano seguinte, passou para 74,6 anos e depois para 74,9 anos. Em 2014, a taxa ficou em 75,2 anos; em 2015, em 75,5 anos; em 2016, 75,8 anos; em 2017, 76 anos; e, em 2018, foi de 76,3 anos.

Os dados serão detalhados pelo IBGE ainda no período da manhã desta quinta. Segundo especialistas, há expectativa de queda da expectativa de vida por causa da pandemia, o que ainda não é observado nas estatísticas.

A coleta e o cálculo dos dados ainda não contemplam todo o período da crise sanitária no País (o auge das mortes pela covid-19 no Brasil foi no 1º semestre de 2021).

A Tábua de Mortalidade tem periodicidade anual e fornece estimativas da expectativa de vida às idades exatas até os 80 anos.

Sua abrangência é nacional e traz resultados por sexo e idade.

Os dados são usados como um dos parâmetros para determinar o fator previdenciário, no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

Publicidade