22 de maio de 2024 Atualizado 19:29

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Brasil e Mundo

Ação do Ministério Público prende 13 PMs lotados no Batalhão de Belford Roxo, no Rio

Por Agência Estado

14 de maio de 2024, às 14h19

O Ministério Público do Rio (MP-RJ) e a Corregedoria de Polícia Militar realizam operação na manhã desta terça-feira, 14, para prender 14 policiais militares acusados de organização criminosa, corrupção passiva e peculato. Por volta de 9 horas da manhã, 13 deles já haviam sido presos

Os PMs eram lotados no 39º Batalhão (Belford Roxo), e os crimes teriam sido praticados entre 2019 e 2020. De acordo com a denúncia do MP-RJ, os policiais cobravam valores de comerciantes e mototaxistas. Eles também são acusados de desviar drogas, armas, celulares e peças de veículos que eram apreendidos.

A investigação contra os agentes foi iniciada após perícia no celular do PM Julio Cesar Ferreira dos Santos, durante inquérito em que o policial foi investigado por duplo homicídio. Ele responde pelo crime na 1ª Vara Criminal de Belford Roxo.

Em nota, a Polícia Militar do Rio de Janeiro informou que todos os presos serão levados à Unidade Prisional da Corporação, na cidade de Niterói, no Grande Rio. “Todos vão responder a procedimentos administrativos disciplinares que podem resultar na exclusão dos agentes dos quadros da corporação”, informou a PM.

A corporação declarou ainda que “não compactua com desvios de conduta na tropa”, e caso as denúncias sejam comprovadas “os envolvidos serão punidos com o rigor previsto no regulamento interno da corporação”. A reportagem não localizou a defesa de Julio Cesar Ferreira dos Santos.

Publicidade