Melhores lugares para se hospedar e se divertir nas férias

Para viajar na alta temporada é preciso planejamento e pesquisa de preços antes de definir o roteiro


Suas férias estão chegando e você ainda não definiu o roteiro de viagem? O Ministério do Turismo aconselha os brasileiros a planejarem bem seus passeios, consultando agentes profissionais ou até mesmo sites especializados para poupar tempo e dinheiro. O órgão indica que a melhor maneira de viajar na alta temporada, principalmente para quem não está acostumado, é a compra do pacote completo, com transporte, hospedagens e passeios inclusos. “Temos notado que a viagem é vista pelo brasileiro como um item de merecimento, de compensação para quem teve um ano intenso de trabalho e agitação.

Programando as viagens com antecedência, o cliente consegue, além de bons preços, as melhores opções de hospedagem”, citou o presidente da CVC, Luiz Eduardo Falco, em divulgação do Ministério do Turismo. A reportagem listou alguns destinos, indicados pela agência de viagens Sonho Real, de Americana, e também por especialistas, que atendem a diversos públicos e são garantia de férias bem aproveitadas.

Foto: Divulgação
Cascata Dorigon – São Pedro

São Pedro

Opção turística voltada àqueles que buscam a tranquilidade dos hotéis fazenda, típicos do interior paulista, São Pedro atende até  três mil hóspedes, em 34 empreendimentos, focados em atrações de aventura, históricas e religiosas. O Hotel Fazenda Colina Verde, o segundo maior do interior, está em atividade desde 1978 e atende ao público que busca atrações para a família e diversão às crianças. As opções variam entre o parque aquático (água captada da montanha) até a vivência com os animais, como passeios a cavalo, além de balonismo no período de alta temporada.

Foto: Ricardo Rollo / Ministério do Turismo
Jericoacoara: um oásis de dunas e águas transparentes

Jericoacoara

Opção ideal para quem procura a combinação “praia e sol”. Esta cidade cearense está localizada a 300 quilômetros da agitada capital Fortaleza, no Ceará, mas continua mantendo a calmaria da antiga vila de pescadores. O destino foi eleito entre as dez praias mais bonitas do mundo, e mesmo tão badalado, mantém a sua simplicidade rústica. O visitante encontrará ruas de terra, quase nenhuma iluminação pública, e redes e espreguiçadeiras contornando as águas cristalinas de suas praias e lagoas. Entre os destaques desta localidade está a duna do Pôr-do-Sol, morro de 30 metros onde turistas e nativos se encontram para apreciar o fim do dia, restaurantes com gastronomia focada em frutos do mar, bares animados pelo tradicional forró pé-de-serra e passeios de buggy, principalmente até às lagoas Azul e Paraíso.

Foto: Banco de Imagens / Embratur
Bonito e suas paisagens estonteantes

Bonito

Este destino, reconhecido desde os anos 1990 como “Disney Ecológica”, brinda os turistas que desejam se aventurar no meio da natureza e também querem se refrescar em águas cristalinas. Cavernas e quedas d’água, trilhas planejadas entre as matas, mergulhos autônomos e livres são algumas das opções de passeios nesta localidade. Outro diferencial deste destino é a sustentabilidade, uma prioridade do município. Por isso, todos os passeios são, obrigatoriamente, acompanhados por guias credenciados. Ainda para controle, há um número limitado de visitantes por atração ao dia, o que dá o tom intimista ao destino.

Foto: Divulgação
Las Vegas: diversão por 24 horas

Las Vegas

Se você é festeiro, vá para Las Vegas! Além dos cassinos, possui uma vasta agenda de shows. Por isso, mesmo localizada no meio do deserto do estado de Nevada, a cidade é reconhecida como a “capital mundial do entretenimento”. Restaurantes e hotéis grandiosos, repletos de luzes, decorações com efeitos especiais e carros de luxo fazem parte do cenário. E para os que enjoarem do agito e desejarem um pouco de tranquilidade, uma boa notícia: o Parque Nacional do Grand Canyon, uma das paisagens naturais mais aclamadas dos Estados Unidos, está a 195 quilômetros de distância de Vegas.

Foto: Divulgação
Lisboa é roteiro obrigatório na Europa

Lisboa

Visitar a Europa nesta época do ano é uma boa ideia para os que gostam de temperaturas mais frias. E entre as opções do “velho continente” está Portugal. O país apresenta diversas semelhanças com o Brasil (o idioma entre as principais), mas ainda conserva a tradicional cultura responsável pela colonização brasileira e suas diferenças. A capital lusitana é referência na arquitetura mundial e na história, que podem ser conferidas em pontos turísticos como a Torre de Belém, o Castelo de São Jorge, e nas cidades próximas, como Fátima, Óbidos e Porto. Também é uma opção para os que buscam por destinos religiosos. Quem pretende conhecer a cidade nesta época do ano, não pode esquecer de levar casacos para enfrentar a temperatura média de 10ºC, acompanhada de um prato com bacalhau e um bom vinho.

Foto: Divulgação
A exuberância de Santiago do Chile

Santiago

A cosmopolita capital chilena oferece aos visitantes a mistura da modernidade com uma das mais belas montanhas do mundo, a Cordilheira dos Andes, que cerca toda a cidade. Santiago é o destino indicado para os que querem conhecer mais sobre a história latino-americana e os bonitos parques da cidade, ou desejam provar bons vinhos e passear entre as parreiras, ou ainda para quem quer curtir o Verão nas praias do Pacífico, nas charmosas cidades litorâneas Valparaíso e Viña del Mar. Para  quem deseja viajar após a alta temporada brasileira, o Inverno no Chile tem o atrativo da neve para quem deseja esquiar.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora