11 de abril de 2021 Atualizado 12:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Celebridades

Vivendo uma era da incerteza

Em “Amor de Mãe”, Juliano Cazarré confessa sua ansiedade com a paralisação do setor cultural

Por Caroline Borges - Tv Press

27 mar 2021 às 11:34

A instabilidade da carreira artística é uma realidade muito forte do mercado de trabalho. Ainda assim, Juliano Cazarré nunca teve receio do competitivo e duro universo do teatro e da tevê. Mas esse pensamento mudou recentemente. Pela primeira vez durante um trabalho, o ator de 40 anos se assustou com o futuro da sua profissão. Ao saber da paralisação das gravações de “Amor de Mãe” em virtude da pandemia de covid-19, o intérprete do bruto Magno ficou com medo de perder seu trabalho em meio ao caos do avanço da doença no Brasil.

Juliano estreou na tevê na série “Antônia”, da Globo, em 2007 – Foto: Divulgação

“Pela primeira vez fiquei com medo de não ter trabalho. Não sabia se a empresa iria continuar pagando meu salário, se eu seguiria trabalhando. Quando soube que a novela iria voltar, acho que senti o mesmo alívio que o pequeno comerciante teve ao poder reabrir seu negócio”, explica o ator, que não menospreza o perigo do novo coronavírus. “Claro que tenho medo. É uma situação gravíssima e séria, mas estou olhando por esse outro lado também”, completa.

A trama de “Amor de Mãe” retornou ao ar no último dia 1º de março com um compacto da primeira fase da trama. A partir do dia 15 começaram a ir ao ar os capítulos inéditos do enredo assinado por Manuela Dias. Na reta final, Magno ainda está se recuperando do fim de seu romance com Betina, papel de Isis Valverde.

Ao longo da produção, o mecânico acaba se envolvendo com a socialite Lídia, de Malu Galli, que se recupera do vício em álcool. “Gostei muito do desfecho do Magno, mas não posso dar spoiler (risos). Foi um personagem muito crível e coerente. Ele tem uma nobreza de coração que vai levá-lo até o final. Fiquei muito feliz de viver o Magno. Agradeço muito a Manuela por esse projeto. Foi muito bom”, valoriza.

Retorno
O ator passou quase seis meses longe dos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro. Ainda assim, ao retornar ao trabalho, Juliano não precisou de muito tempo para se readequar ao personagem. As dificuldades foram sumindo logo nas primeiras gravações da novela ao lado do elenco.

“Chega um momento em que o personagem toma conta. O Magno já tinha a boca, o corpo dele… Quando cheguei na frente da Regina (Casé) e entrei naquela casa, o Magno já estava pronto para viver novamente. O personagem ficou muito vivo na memória. Acho que a novela parou em um momento que fazia sentindo. O Magno tinha cumprido um papel até ali e, a partir dessa nova leva de capítulos, começa um novo caminho”, explica.

Com o trabalho de “Amor de Mãe” finalizado, Juliano ainda lembra das sequências que foram ao ar nos primeiros capítulos do folhetim. Um dos momentos mais especiais para o ator foi a formatura de Camila, papel de Jéssica Ellen.

“Aquela diplomação mostrava todo um esforço familiar. Todo mundo ajudou para que a Camila tivesse um diploma de ensino superior. Além disso, também fiquei a novela inteira pensando na cena daquele menininho correndo atrás do carro, quando o irmão é levado. Aquilo me ajudou a dar o rumo do Magno”, relembra.

Paternidade aquecida
Durante a pandemia, Juliano Cazarré viu sua família aumentar. Em janeiro deste ano, o ator celebrou a chegada da pequena Maria Luiza, fruto da relação com a atriz e bióloga Letícia Cazarré. Os dois já eram pais de Vicente, de 10 anos, Inácio, de 7, e Gaspar de 1 ano. “A gente buscou dar conta de tudo. Não tem a opção não dar conta, né? Quando o bebê chora, a gente acorda e vai ver o que é. Não é uma tarefa sobrenatural. Não estou fazendo nada heroico. Se estou indo dormir cansado, é que está dando certo (risos)”, afirma.

Assim como acontece na história de Magno na trama das nove, Juliano ainda tem o desejo de aumentar a família em breve. “A Lurdes (Regina Casé) criou cinco filhos sozinha. Minha é meta é ficar igual a ela. Vamos ver se teremos animação para tanto”, brinca.

Publicidade