10 de maio de 2021 Atualizado 22:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Celebridades

Questão de maturidade

Polliana Aleixo encara história bíblica polêmica na pele da controladora Paltith de “Gênesis”

Por Geraldo Bessa / TV Press

30 abr 2021 às 16:29

Na tevê desde muito nova, Polliana Aleixo sabe muito bem os prós e contras de crescer no vídeo. Nos estúdios desde os 11 anos, a atriz de olhos marcantes e jeito doce acabou engatando diversos tipos mais inocentes e infantis em tramas como “A Vida da Gente” e “Insensato Coração”.

Agora, aos 25 anos, as feições continuam bem joviais, mas ela quer mostrar que a transição para personagens adultas foi feita com sucesso. Na pele da calculista Paltith de “Gênesis”, Polliana está pronta e ansiosa para o papel mais polêmico de sua carreira até agora.

Polliana Aleixo – Foto: Allan Amim

Baseada em “A Mulher de Jó”, passagem contida no Antigo Testamento da Bíblia e ambientada na cidade de Gomorra, Paltith é filha de Ayla e Jó, papéis de Elisa Pinheiro e Emilio Orciollo Netto. Por questionar o poder supremo e a própria fé, Ayla é transformada em uma estátua de cera. Sozinhos e em luto, pai e filha começam a se relacionar como um casal.

“A Paltith tem um poder enorme de persuasão. É ela quem toma a decisão de se deitar com o pai. Já gravamos as cenas mais intensas e o tema está sendo tratado com muito cuidado pela direção. É muito bom chegar neste momento da minha carreira e da minha idade encarando um trabalho tão complexo”, analisa.

O convite para a personagem veio da boa repercussão de seu desempenho em “Jesus”, de 2018, sua estreia nas produções bíblicas, onde foi dirigida por Edgard Miranda. O clima agradável no “set” contrasta com os rigorosos processos de segurança utilizados pela Record nas gravações. “A pandemia interferiu muito no ritmo do trabalho. A equipe é menor e gravamos bem menos cenas. Por sorte, temos um diretor que sabe criar um clima bom no estúdio e acaba contagiando a todos. Voltar a trabalhar com o Edgard neste momento me deixa mais tranquila”, elogia.

Dedicada a “Gênesis” desde meados do ano passado, Polliana se surpreendeu com a estrutura organizada pela emissora para a integração e preparação do elenco. Com encontros virtuais e outros presenciais com diversos profissionais, como arqueólogos e historiadores.

A construção da atriz focou muito na postura e movimentos corporais que uma produção de época exige. Além disso, figurino e caracterização foram de grande ajuda para que Polliana encontrasse o tom certo para Paltith. “Uma obra de época exige que você repense muitas coisas que estão no automático, como andar e falar. Evito exageros, mas quero estar em sintonia com o estilo da novela”, ressalta.

VIDA DA GENTE

A previsão é de que a história de Jó ganhe mais destaque em “Gênesis” a partir das próximas semanas. Ao mesmo tempo, Polliana também está na tela da Globo com a reprise de “A Vida da Gente”, de 2011, na faixa das seis. Na trama de Lícia Manzo, a atriz viveu a tenista Cecília, que para garantir um melhor desempenho nas quadras, acabava se utilizando de remédios estimulantes e proibidos.

“Fiquei muito feliz quando vi que a trama iria voltar. Adorei gravar essa novela, porque a Cecília exigiu que eu jogasse tênis minimamente bem. Adoro aprender novas coisas para o trabalho e treinava horas por dia”, valoriza.

Natural de Curitiba, capital do Paraná, Polliana estreou na tevê no especial “O Segredo da Princesa Lili”, de 2007. Totalmente focada na carreira, ela fez um trabalho por ano até 2014. Na lista, títulos como a série “Tudo Novo de Novo” e as novelas “Beleza Pura” e “Em Família”. A partir de um natural cansaço e alguns problemas de saúde, ela resolveu “pisar no freio” e ir se envolvendo em projetos de forma mais esporádica. O retorno definitivo aos estúdios foi em “Jesus”, de 2018 e, logo na sequência, ela filmou o longa “A Sogra Perfeita”, dirigido por Cris D’Amato, onde Polliana teve uma rara chance de explorar seu lado cômico ao lado de nomes como Cacau Protásio e Rodrigo Sant’Anna. “Aí veio a pandemia e o filme acabou tendo o lançamento adiado. A estreia deve acontecer ainda esse ano. Confesso que assisti em casa e não vejo a hora de poder mostrar para todo mundo”, torce.

Publicidade