10 de agosto de 2020 Atualizado 11:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Vidas

Família de Gugu quer campanha para doação de órgãos

Gugu Liberato morreu em 22 de novembro de 2019, após sofrer uma queda em sua casa nos Estados Unidos, e órgãos dele foram doados

Por Agência Estado

09 dez 2019 às 19:46 • Última atualização 09 dez 2019 às 21:58

A família de Gugu Liberato tem planos de “criar uma campanha para incentivo de doação de órgãos no Brasil”, informou a assessoria do apresentador.

Nesta segunda-feira, 9, seus familiares se reuniram para conversar sobre a ideia, surgida por conta da escolha do apresentador em doar seus órgãos.

“Após saberem que o ato de doar os órgãos fez com que o assunto ganhasse espaço nunca visto nos meios de comunicação e aumentasse o número de telefonemas e doações de órgãos para a Central Nacional de Transplantes, mãe e irmãos de Gugu estudam agora uma ação associada a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos e /ou Ministério da Saúde para esclarecer a população sobre o tema, alavancar essa discussão e, consequentemente, aumentar o numero de doadores”, informa o comunicado, que ressalta que “trata-se de um projeto empenhado em perpetuar o desejo de Gugu.”

Gugu Liberato morreu em 22 de novembro de 2019, após sofrer uma queda em sua casa nos Estados Unidos. A família autorizou a doação de seus órgãos atendendo a pedido feito em vida pelo próprio apresentador.

A cirurgia para doação dos órgãos de Gugu Liberato durou por volta de seis horas e, segundo informado por sua assessoria, estimou-se que tenha beneficiado cerca de 50 outras pessoas.