07 de julho de 2020 Atualizado 21:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Fique em Casa

Doc mostra a milionária música sertaneja

Dividido em dez episódios, o documentário “Fenômeno Sertanejo” mapeia esse gênero musical

Por Agência Estado

09 abr 2020 às 07:10 • Última atualização 09 abr 2020 às 11:26

Foto: Divulgação
Fenômeno Sertanejo

O canal Music Box Brasil começa a apresentar nesta quinta-feira, às 22h, a série Fenômeno Sertanejo. Dividido em dez episódios, o documentário mapeia esse gênero musical, que é atualmente um dos mais rentáveis, transformando seus intérpretes em ídolos milionários.

Surgida no início do século 20, a primeira gravação do gênero feita por Cornélio Pires em 1929. Foi ele o responsável pelo lançamento do primeiro LP, que chegou a vender mais de 25 mil cópias. A partir daí, surgiram as primeiras duplas sertanejas, como Tonico & Tinoco, em 1940.

Com o passar do tempo, a escala musical mudou, os rumos desse gênero foi enveredando para o que agora conhecemos como música sertaneja. Nos anos 1980, apareceram novas duplas, como Chitãozinho & Xororó, que atingiram o topo da parada com a música Fio de Cabelo. Na esteira deles, na década seguinte, entraram no cenário Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo. Com grande número de fãs e vendas em alta, eles se uniram no projeto Amigos.

Entrando nos anos 2000, chegam as duplas do sertanejo universitário, que tem nomes como João Bosco & Vinícius. Destaca-se também o protagonismo feminino, com nomes com Maiara & Maraísa, Naiara Azevedo e Marília Mendonça.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.