23 de maio de 2022 Atualizado 18:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Celebridades

Bella Camero mergulha no gênero do terror

Por Caroline Borges / TV Press

26 Novembro 2021, às 07h33

Bella Camero é extremamente observadora. Ao chegar no “set” da série “Insânia”, produção nacional da plataforma Star+, que estreia no dia 3 de dezembro, a atriz natural do Rio de Janeiro estava pronta para sair de sua zona de conforto e mergulhar em um universo completamente inédito em sua trajetória profissional de pouco mais de uma década.

Ao longo da série, que teve gravações no Uruguai, a atriz precisou lidar com sequências bastantes densas e dramáticas – Foto: Divulgação

Pela primeira vez, Bella, que interpreta a personagem Lúcia, encarou uma produção de suspense e terror, gênero pouco explorado dentro mercado audiovisual brasileiro. “Eu nunca tinha feito nenhum thriller. ‘Insânia’ tem uma trama muito magnética, porque trata de um terror psicológico. Eu estava animada para ver como íamos fazer todas as cenas que estavam escritas no roteiro diante das câmeras”, explica.

Dirigida por Gustavo Bonafé, “Insânia” acompanha a história de Paula, papel de Carol Castro. Policial científica, ela é internada em uma misteriosa clínica psiquiátrica após descobrir sobre a suposta morte da filha Lúcia. Lá, sua mente vagueia por caminhos sombrios e duvidosos, chegando à beira da insanidade, enquanto investiga o verdadeiro motivo de sua hospitalização desvendando uma conspiração aterrorizante.

“A Lúcia sofre um acidente de carro, mas a Paula não acredita nisso. Inicialmente, eu faria teste para outra personagem. Mas o Gustavo, o diretor, me deu um papel e falou para eu ler. Era uma cena da Lúcia. Senti que encaixou na hora”, afirma.

Além de Carol Castro, Bella também contou com colegas de elenco como Rafaela Mandelli, Ravel Cabral, Thomas Aquino e Rafael Losso. Ao longo da série, que teve gravações no Uruguai, a atriz precisou lidar com sequências bastantes densas e dramáticas.

“Havia sequências muito aflitivas. A sorte é que a equipe era bem alto-astral e não deixava pesar o ambiente. E tudo com muita concentração, quando precisava. Foi cansativo, mas eu conseguia voltar para casa e dormir bem”, aponta Bella, que valoriza o trabalho ao lado de Carol Castro. “Ela estava muito comprometida com o projeto, se entregando inteiramente. Foi bonito de ver. Além disso, ela é muito generosa em cena”, completa.

Ainda com projetos na área do streaming, Bella estará no elenco da série “Lov3”, da Amazon Prime Vídeo. Sem data de estreia prevista, a produção nacional abordará assuntos como poliamor, trisal, relações abertas e questões de gênero. “A série fala de trocas afetivas. Mas de um jeito fora da curva. Conta diferentes maneiras de se relacionar, por uma ótica menos romantizada, são personagens cheios de defeitos e falhas, tentando se adaptar a novas configurações de relações. E tudo de uma maneira cômica e trágica ao mesmo tempo, com um humor ácido, o que eu particularmente amo”, valoriza a atriz, que atualmente está em cartaz nos cinemas com o filme “Marighella”, dirigido por Wagner Moura.

“É um filme que fala sobre resistência. Pessoas que não se conformam e não se calam, que lutam pelo que acreditam e pelo coletivo. Tenho a expectativa de que as pessoas assistam, discutam, pesquisem mais sobre essa história e sobre tantas outras que são apagadas ou manchadas”, torce.

Publicidade