05 de maio de 2021 Atualizado 23:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Arquivo

Brasil define 4x100m masculino para Olimpíada e tem 1ª classificada na natação

Por Agência Estado

22 abr 2021 às 20:47 • Última atualização 22 abr 2021 às 23:07

Após três dias de disputa da Seletiva Olímpica, o Brasil enfim garantiu a primeira nadadora nos Jogos Olímpicos de Tóquio, nesta quinta-feira. Trata-se de Beatriz Dizotti venceu a prova dos 1.500 metros livre com o tempo de 16min22s07, abaixo do índice, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro.

Com a boa performance, a nadadora de 21 anos se tornou a primeira mulher a buscar a vaga olímpica nesta seletiva. “Foi um trabalho muito bem pensado. Acho que o Minas, a comissão, todo estafe me ajudaram muito. Tive uma tendinite, mas, graças a Deus, foi tudo muito rápido e voltei ainda melhor. Fiz uma tomada de tempo muito boa antes, já estava imaginando a prova e estou realizando o meu sonho olímpico”, comentou Beatriz.

Ana Marcela Cunha, especializada em maratona aquática, também disputou a prova e ficou em segundo, com 16min25s76, também abaixo do índice. Ela, no entanto, já avisou que não vai competir a prova de disciplina em Tóquio. E pretende se resguardar as provas no mar. Ela já está classificada para os 10km.

Assim, a segunda vaga pode ficar com Viviane Jungblut, que já nadou oito vezes abaixo do índice olímpico, mas não pôde disputar a competição nesta semana por ter contraído a covid-19. Por essa, razão, fará sua seletiva no dia 12 de junho.

No revezamento 4x200m livre, o time feminino ficou mais perto da classificação nesta quinta. A equipe formada por Aline Rodrigues, Larissa Oliveira, Nathalia Almeida e Gabrielle Roncatto nadou para 8min00s92, marca que será enviada à Federação Internacional de Natação (Fina) para que entre na repescagem dos revezamentos para a Olimpíada. O Brasil pode herdar uma das quatro vagas disponíveis para países que não obtiveram a classificação via Mundial de Gwangju, em 2019.

No masculino, o destaque do dia foram André Calvelo e Pedro Spajari, que obtiveram o índice na tradicional prova dos 100 metros livre, com os tempos de 48s15 e 48s31, respectivamente. Breno Correia e Marcelo Chierighini também nadaram abaixo do índice e vão completar o revezamento 4x100m masculino, que já estava garantido na Olimpíada.

“Quero agradecer aos meus pais, meus treinadores e todos aqueles que contribuíram para o processo. Venho trabalhando há muito tempo por esse momento. Foi uma prova duríssima e estou muito contente com meu desempenho. Agora é trabalhar ainda mais para chegar bem em Tóquio”, afirmou Calvelo.

Confira abaixo a lista dos nadadores já classificados:

Guilherme Costa – 400m e 800m livre
Felipe Lima – 100m peito e revezamento 4x100m medley
Fernando Scheffer – 200m livre e revezamento 4x200m livre
Breno Correia – 200m livre e revezamentos 4x100m e 4x200m livre
Murilo Sartori – Revezamento 4x200m livre
Luiz Altamir – Revezamento 4x200m livre
Guilherme Basseto – 100m costas
Guilherme Guido – 100m costas
Leonardo de Deus – 200m borboleta
André Calvelo – 100m livre e revezamento 4x100m livre
Pedro Spajari – 100m livre e revezamento 4x100m livre
Marcelo Chierighini – Revezamento 4x100m livre
Bruno Fratus – 50m livre

Publicidade