Plataforma digital vai ranquear municípios turísticos

Secretaria de Turismo vai receber informações de cidades para análise de pedidos de classificação como estâncias e MITs


A mudança na legislação estadual que classifica os municípios turísticos possibilitou a chance de várias cidades participarem de um ranqueamento que vai escolher, a médio prazo, novos integrantes para os dois grupos de classificação – Estâncias e MITs (Municípios de Interesse Turístico).

Atendendo aos requisitos da lei complementar nº 1.261/2015, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo vai fazer o ranqueamento técnico dessas cidades. Para isso, lançará uma plataforma digital que receberá as informações necessárias à análise técnica de Estâncias, MITs e os que pleiteiam o título.

Foto: Divulgação
Municípios serão ranqueados em relação ao turismo

Na primeira fase desse processo, os municípios receberão por e-mail um formulário de credenciamento, que deve ser preenchido e assinado pelo prefeito. O prazo para cumprir esta etapa vai até a próxima quinta-feira (15). Em um segundo momento, será um enviado link e senha para acesso a plataforma, também por e-mail.

Cada município deverá escolher um interlocutor para ser responsável pela inserção dos dados técnicos na plataforma, criada pela coordenadoria de turismo da Pasta. Será indicado também o representante do Comtur (Conselho Municipal de Turismo) que poderá visualizar e acompanhar as informações do município sem poder modificá-las.

Para o Secretário de Turismo de São Paulo, Vinicius Lummertz, a decisão estabelece novos padrões de transparência e análise técnica avançada, e atende às demandas do município por evolução do sistema chamado Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos).

“O segundo passo é integrar esse sistema no novo programa de Desenvolvimento Regional de Turismo que será lançado até outubro”, afirmou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora