O que fazer em Brotas nos dias ensolarados do Outono

Trilhas, tirolesas, quadriciclo, piscina aquecida e mirantes para contemplar o pôr do sol... na capital do turismo de aventura não faltam opções


Foto: Sandro Fraga_Divulgação
Mirante do Ecoparque Cassorova é uma janela para paisagens deslumbrantes: Brotas possui nove ecoparques , 20 cachoeiras, 40 opções de hospedagem e 62 estabelecimentos gastronômicos

Impossível pensar em turismo de aventura com paisagens exuberantes, sem que Brotas venha imediatamente à cabeça. Situada a apenas 127 quilômetros de Americana, o município é o cenário perfeito para quem deseja fugir da rotina e curtir atividades ao ar livre. No Outono, as temperaturas amenas e os dias ensolarados, convidam para caminhadas por trilhas onde a natureza se apresenta por meio de paisagens de tirar o fôlego.

E não importa o que o turista está buscando: aventura, adrenalina, oportunidade de testar limites e encarar seus medos – ao se jogar nas tirolesas com mais de 1 quilômetro de extensão -, ou simplesmente viver momentos contemplativos e de descanso.

Por conta das cuestas, de relevo assimétrico, que são uma característica de Brotas, contemplar o pôr do sol digno de um registro fotográfico é possível de alguns pontos do município. O mirante do Ecoparque Cassorova, situado a oeste da propriedade, oferece uma vista incrível. Se você estiver no Recanto das Cachoeiras, ao cair da tarde, espere para ver a transformação que o pôr do sol promove na paisagem até desaparecer atrás da serra. Outra opção, na área rural, é a Represa do Patrimônio.
A equipe do Malas Prontas foi convidada a participar de um press trip no circuito das cachoeiras. Vem viver essa aventura!

Foto: Divulgação
Na pousada Frangipani o mirante oferece uma paisagem contemplativa perfeita para momentos de descanso

Charmosas pousadas

Faz cinco anos que Brotas transformou-se em uma estância turística e vem investindo em novos empreendimentos de hospedagem, gastronomia, turismo de aventura e ecoturismo. Com 24 mil habitantes, a típica cidade do interior ultrapassa a marca dos 300 mil turistas por ano. São 40 opções de hospedagem entre hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e resorts.

No caminho das cachoeiras mais visitadas está a charmosa pousada Frangipani. O hotel boutique é mais que acolhedor, é encantador, onde as horas parecem passar em um ritmo diferente. Com atendimento e serviços impecáveis, é um desses lugares que quando você vai embora não vê a hora de retornar.

Foto: Divulgação
Hotel boutique Frangipani tem infraestrutura completa com piscinas ao ar livre, coberta e aquecida

Arvorismo e tirolesa em curvas

Embora no Outono os dias de muita luz e temperatura agradável, propiciem as condições ideais para a prática de esportes radicais em rios com corredeiras, como o rafting e o boia-cross, o turista também encontra ótimas opções sem se molhar. No Ecoparque Poção, a tirolesa sobre as árvores (voo do Poção) que segue até as margens do Rio Jacaré-Pepira – um dos mais limpos do Estado de São Paulo -, é apenas uma das alternativas para quem procura adrenalina.

Foto: Divulgação
Boia-Cross no Rio Jacaré-Pepira

Para os mais corajosos, a Sky Rider (única tirolesa em curvas do Brasil) permite uma experiência inesquecível, além de escalada e rapel. O ecoturismo se completa com uma das atividades mais procuradas: o arvorismo; se você nunca fez, não perca essa chance! Na praia de rio com fundo de areia o banho de jacuzzi natural é alternativa para abaixar a adrenalina.

Foto: Divulgação
Ecoparque Poção – Arvorismo

Joia da Natureza

É em Brotas que o turista encontra uma joia da natureza, a nascente de águas cristalinas da Areia que Canta. O fervedouro produz 1 mil litros de água por segundo, que brota do solo. É um lugar mágico, impossível de descrever em palavras, que pode ser acessado apenas com colete salva vidas, já que é proibido tocar o fundo da nascente.

Foto: Sandro Fraga - Divulgação
Areia que Canta tem uma nascente de águas cristalinas

O nome Areia que Canta deve-se a fricção da areia da nascente por mãos habilidosas, reproduzindo som semelhante ao da cuíca. No Hotel Fazenda Areia que Canta é possível programar um dia inteiro de atividades, com pedalinhos, passeio a cavalo, tirolesa sobre o lago, recreação monitorada, resgate das tradições culturais da fazenda (passeio de charrete, trator e ordenha), além de pescar, saltar e nadar.

Foto: Divulgação
No Hotel Fazenda Areia que Canta o descanso é debaixo das árvores

Encostas cobertas de mata atlântica

Pedras de arenito que afloram em meio à vegetação de cerrado. Serras e encostas preservadas. Se faz algum tempo que você não vai a Brotas, prepare-se para as novidades em infraestrutura que exaltam, ainda mais, as belezas naturais.

Foto: Sandro Fraga - Divulgação
Cachoeira Roseira – Recanto das Cachoeiras

Com atrações para todas as faixas etárias, o ecoparque Recanto das Cachoeiras tem uma piscina semiolímpica com borda infinita e água aquecida. Com uma vista espetacular e 500 mil litros de água, a piscina abriga uma área que simula correnteza, bar e spa com hidromassagem. O local perfeito para um relax depois de visitar as três cachoeiras da propriedade. Turismo rural, quadriciclo, arvomix e tirolesa completam o menu de atividades.

Foto: Sandro Fraga - Divulgação
Piscina aquecida com borda infinita, bar molhado e sauna: Recanto das Cachoeiras

Cachoeira com 60 metros de queda

No Ecoparque Cassorova está a cachoeira apontada como a mais bonita do Estado de São Paulo, e a oitava mais deslumbrante do Brasil. São 60 metros de queda e piscina natural para banho de onde se contempla as duas quedas d’água.

Foto: Sandro Fraga_Divulgação
Ecoparque Cassorova – ponte pênsil sobre a cachoeira apontada como a mais bonita do Estado de São Paulo

A exuberância da cachoeira Cassorova, um dos principais cartões-postais de Brotas, pode ser contemplada da tirolesa com 1,2 quilômetros de extensão e também caminhando sobre a ponte suspensa, uma experiência que é pura adrenalina.

Foto: Sandro Fraga - Divulgação
No Ecoparque Cassorova o banho de cachoeira é um convite irresistível

O local ainda abriga duas piscinas naturais e o mirante com vista panorâmica para o Vale do Cassorova. E para quem deseja aumentar a dose de adrenalina, pode se aventurar no arvorismo e canyoning (rapel nas cachoeiras). www.cachoeiracassorova.com.br

Foto: Sandro Fraga - Divulgação
Contemplar as duas quedas da cachoeira Cassorova é um privilégio único e inesquecível

Hidromassagem natural

Uma trilha incrivelmente bela leva a uma das cachoeiras mais charmosas de Brotas: a dos Quatis, localizada no Ecoparque Cassorova. É um local para desligar de tudo e contemplar os 46 metros de queda sob os quais é possível fazer hidromassagem natural. Cenários como esse, que parece pintado à mão, são preservados por uma legislação que é pioneira no Brasil.

Foto: Divulgação
Cachoeira dos Quatis – Ecoparque Cassorova: 46 metros de queda

Brotas foi a primeira cidade do País a criar uma lei específica de turismo de aventura e natureza, que serviu de modelo para o Programa (nacional) Aventura Segura. Em julho de 2014, a cidade elevou-se à categoria de Estância Turística.

Foto: Divulgação
Trilha de acesso à Cachoeira dos Quatis – Ecoparque Cassorova

A Lei do Voucher Turístico, implantada em 2015, gera fundos para investimento na estrutura turística de Brotas, ao mesmo tempo que aumenta a arrecadação municipal com o turismo.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora