Foz do Iguaçu ganhará novo circuito turístico

Trajeto deverá funcionar a partir do ano que vem e vai ligar Mercado Municipal, Gramadão e usina de Itaipu


Os turistas que forem visitar as belezas de Foz do Iguaçu, no Paraná, contarão, a partir do ano que vem, com um novo e moderno circuito turístico. O trajeto, que está sendo desenvolvido pela Itaipu Binacional, integrará o futuro Mercado Municipal da cidade a uma área de lazer e à usina de Itaipu, maior hidrelétrica do mundo e um dos mais famosos pontos turísticos do local. No circuito, os visitantes poderão conhecer alguns dos pontos históricos, além de aproveitarem os atrativos naturais da cidade paranaense.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a estruturação de novos roteiros é um importante impulsionador setor. “Dar ao turista uma nova opção de viagens é estimular o desenvolvimento do turismo brasileiro. Este novo circuito deverá proporcionar ao viajante novas experiências, novas vivências que, com certeza, trarão mais e mais pessoas em conhecer os destinos do país”, ressaltou.

Foto: Rubens Fraulini / Itaipu Binacional
Local ganhará mais um atrativo turístico para os visitantes

Entre os benefícios da rota para a população, está a revitalização do parque conhecido como Gramadão. O espaço vai receber novo mobiliário urbano, ordenamento e adequação das barraquinhas de comidas, reforço na iluminação, arborização e paisagismo, instalação de arquibancadas de concreto, criação de rampas e adaptação da Concha Acústica para diferentes tipos de espetáculos. A estimativa é de que a reforma comece no segundo semestre deste ano. A conclusão está prevista para 2021, num investimento estimado de R$ 2,6 milhões.

Além disso, a cidade ganhará um Mercado Municipal, que deverá ser concluído em janeiro de 2021. No espaço, serão construídos 70 boxes, com restaurantes, quiosques, empório, mercearia e comércio em geral, além de uma praça de eventos. O espaço turístico de Itaipu, também, passará por obras como melhorias e embelezamento do Mirante do Vertedouro das mudanças do Centro de Recepção do Visitante, na entrada da barreira, com a criação do espaço kids.

“O turismo é uma vocação natural de Foz do Iguaçu. É uma atividade que gera riquezas e benefícios para centenas de milhares de pessoas em toda a região”, diz Joaquim Silva e Luna, diretor-geral brasileiro de Itaipu. Silva e Luna lembra que o investimento em turismo faz parte da missão da usina, que é “gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora