Caia na água em Brotas

Além de cachoeiras, do rio Jacaré-Pepira, destino tem dez atividades de aventuras


Foto: Divulgação
Com um leque de opções na água assim, o calor não atrapalha quem quer se aventurar e se exercitar.

Mal a primavera começou e já temos temperaturas de verão! A previsão do Climatempo é de chuvas irregulares e mais calor que o normal para a estação. A boa notícia é que em Brotas tem várias formas de se refrescar.

Além de banho de cachoeira, há o rio Jacaré-Pepira, um dos mais limpos do Estado de São Paulo, a famosa nascente Areia que Canta, que é um fervedouro semelhante aos do Jalapão, piscinas para day use e pelo menos dez atividades do turismo de aventura para se fazer dentro da água. Na lista estão o rafting, que consiste em descer as corredeiras do rio em bote inflável, com muita emoção, boia cross, kaiak, canoagem, stand up paddle, circuito cable, flutuação, aquaball, cachoeirismo e pesca.

Com um leque de opções na água assim, o calor não atrapalha quem quer se aventurar e se exercitar. Ao contrário: motiva. E várias dessas atividades também são oferecidas para as crianças, numa versão mais light.

Aliás, é a melhor época do ano para que elas iniciem nas atividades aquáticas ao ar livre porque não há risco de sentir frio. E em outubro, a Associação das Empresas de Turismo de Brotas e Região (Abrotur) está fazendo uma promoção que é para pais, mães, tios e avós escolherem Brotas para comemorar o Dia das Crianças com a molecada.

Quem tem até 10 anos, acompanhado de adulto, entra de graça em quatro ecoparques e não paga em dez meios de hospedagem. Nas atividades de turismo de aventura, tem desconto de 50% em quatro agências. Na hora de comer e beber também tem vantagens diversas, que vão de sobremesa ou refrigerante cortesia a desconto, em 15 restaurantes.

Foto: Divulgação
As cachoeiras. Assim como os demais atrativos naturais, ficam em fazendas e sítios particulares

CACHOEIRAS. Mas se a proposta é um turismo mais de contemplação, a dica é a visitação e banho de cachoeira. São cerca de 20 abertas à visitação: Astor, Bela Vista, Cassorova, Coqueiros, da Andorinha, da Figueira, da Nascente, da Usina, das Meninas, da Roseira, Escorregador, Jacaré, Martello, Macacos, Nascente, Patrimônio, Quatis, Santo Antônio, Santa Eulália, São Sebastião e Três Quedas. E cada uma com um atrativo e um charme específico. É escolher e curtir a caminhada pela trilha de acesso, contemplar a cachoeira, aproveitar a queda para fazer uma hidromassagem natural ou ainda para nadar ou simplesmente se refrescar no poço.

As cachoeiras, assim como os demais atrativos naturais de Brotas, ficam em fazendas e sítios particulares, concentradas principalmente no bairro Patrimônio, e estão abertas à visitação, mediante pagamento ingresso. A maioria desses locais tem estrutura para passar o dia com a família ou com os amigos, como lanchonete, vestiário, restaurante, piscina, redário, entre outros e são denominados ecoparques. Alguns, além dos atrativos naturais e de estrutura, oferecem atividades de turismo de aventura.

Foto: Divulgação
Cada uma com um atrativo e um charme específico

EVENTOS. E Brotas tem atrações além do turismo de aventura e ecoturismo. Uma delas é exposição dos irmãos Campana. Poltronas e cadeiras emblemáticas da trajetória da renomada dupla de designer, que é nascida em Brotas, ficam no Centro Cultural até agosto de 2020.

Outra atração na cidade em outubro é o 1.º Clickinn, festival de fotografia que será realizado de 11 a 13. Além de exposição de fotografia com trabalhos de Edson Vandeira, Tadeu Fessel, Pedro Dinucci e Thomas Fessel, o evento vai contar com palestras, debates, cursos e práticas para crianças e adultos. E no dia 12, Brotas Beer Fest com seis cervejarias, 12 estilos de cerveja e quatro bandas. Hoje, dia 6 de outubro, ocorre na cidade mais uma corrida de aventura, a meia maratona de Brotas. E no dia 27, outra corrida, a Wolf Series que promete muita adrenalina.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora