Trainee: amor e ódio

Jovens preferem um bom ambiente de trabalho do que um bom salário, mostra estudo


Foto: Shutterstock
Salário não é o principal atrativo para os trainees das empresas brasileiras

O salário não é o principal atrativo para os trainees das empresas brasileiras, segundo dados levantados pelo site de recrutamento Love Mondays. O estudo, divulgado no início deste mês, apontou que os jovens profissionais se preocupam mais com o ambiente de trabalho do que com a grana. A explicação está na influência que o convívio com outras pessoas exerce no processo produtivo e no comportamento desses jovens.

“O jovem profissional é muito influenciado pelo ambiente onde inicia sua carreira. Assim, trabalhar em um local onde ele se sinta confortável e tenha boas relações com os colegas, pode fazer uma diferença significativa na sua produtividade e desenvolvimento profissional”, comenta Luciana Caletti, CEO da Love Mondays.
A pesquisa contou com a participação de 800 trainees e levou em consideração os principais motivos de satisfação e insatisfação do cargo.

A possibilidade de subir de cargo dentro da empresa também foi pontuada pelos jovens. “Muitas empresas consideram os trainees seus futuros líderes e, portanto, investem na criação de oportunidades de aprendizado e progressão na carreira após o término do programa. Estas promessas de ascensão profissional são itens extremamente atrativos aos profissionais que buscam esses programas”, diz Caletti.

Vale lembrar que o trainee é um cargo de entrada e, portanto, é natural que o salário não seja lá essas coisas. Então, antes de criar expectativas sobre as empresas, pesquise o que elas podem oferecer, qual o salário e benefícios de cada programa.

Sobre os “desamores” do cargo, a falta de um plano de carreira e de reconhecimento profissional aparecem entre os três primeiros no estudo. “Muitas vezes o programa de trainees é vendido ao jovem como uma possibilidade de ele se tornar um futuro líder na empresa. Neste caso, é importante que, ao término do programa, a empresa apresente um plano de carreira atraente. Caso contrário, ela corre o risco de que este profissional acabe buscando oportunidades de crescimento em outro local”, comenta.

RAIO-X DO TRAINEE

Principais satisfações
1º Bom ambiente de trabalho
2º Progressão na carreira
3º Aprendizado

Principais insatisfações
1º Salário baixo
2º Falta de plano de carreira estruturado
3º Falta de reconhecimento

Meu 1º trainee. Onde procurar?
Embraer – inscrições até 31 de agosto
Ambev – inscrições até 7 de setembro
TOTVS e Deloitte – o programa de trainees está aberto o ano todo, mas novas contratações são apenas mediante demanda das áreas selecionadas

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora