Novo celular da Kodak ganha design de câmera digital antiga

De acordo com a Kodak, o aparelho vem com uma série de aplicativos para editar e melhorar fotos, como o Adobe Lightroom e Prisma


Foto: divulgaçao
O dispositivo vem equipado com uma câmera traseira de 21 megapixels e outra frontal, de 13 megapixels, que deixa alguns dos melhores smartphones do mercado para trás

A fabricante de câmeras Kodak anunciou na semana passada sua segunda aposta no mercado de smartphones. A empresa lançou um novo celular chamado kodak Ektra, que ganhou design inspirado nas antigas câmeras digitais da marca. Mas não se trata só de nostalgia: o dispositivo vem equipado com uma câmera traseira de 21 megapixels e outra frontal, de 13 megapixels, que deixa alguns dos melhores smartphones do mercado para trás.

O smartphone tem, inclusive, um botão físico para acionar a câmera e uma roda para mudar as configurações. É possível comprar uma capa protetora de couro que permite usar o smartphone como uma câmera digital. O produto tem memória de armazenamento de 32 GB e vem com entrada para cabo USB-C, a tecnologia mais recente.

A tela do smartphone é de 5 polegadas com resolução Full HD (1080p). Ele é equipado com memória RAM de 3 GB, processador da MediaTek e bateria de longa duração. O smartphone roda a versão 6.0 (Marshmallow) do sistema operacional Android – ainda não está claro se o aparelho poderá ser atualizado para o Android 7 0 ou Nougat.

De acordo com a Kodak, o aparelho vem com uma série de aplicativos para editar e melhorar fotos, como o Adobe Lightroom e Prisma. Há também um aplicativo da própria Kodak que permite que o usuário possa enviar fotos para imprimir em quiosques da marca.

O novo smartphone da Kodak chegará primeiro às lojas de alguns países da Europa, como Reino Unido, por 500 euros. A fabricante ainda avalia se vai lançar o dispositivo também nos Estados Unidos e em outros países do mundo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora