Melhorando o desempenho do Android

Aprenda três passos para deixar seu celular como novo, pois ele também perde o desempenho com o uso cotidiano


Quem faz parte da geração desktop conhece bem a expressão ‘desfragmentar disco’. A reorganização das informações inscritas no HD de um PC recupera desempenho do computador e faz a máquina trabalhar mais rápido. Mas quem é que perde tempo em casa hoje em dia com um equipamento desktop? Mas seguramente você não se desgruda do seu celular Android, que também perde desempenho com o simples uso cotidiano.

Tudo que você admira num Android vai por água abaixo quando o seu novo brinquedinho começa a travar sem parar, ficar mais lento e a responder menos. Então, como liberar memória e espaço interno para acelerar o celular?

Uma das formas de deixar o Android mais rápido é liberar memória RAM. É nela que ficam guardadas as informações de APPs abertos, permitindo acesso rápido a eles por instruções armazenadas, mas, ao mesmo tempo, a sua utilização compromete a velocidade e o desempenho do processador central instalado no device.
Para ter melhor desempenho sem necessidade de investir muito tempo para isso, utilize a janela flutuante e promova a limpeza da memória sempre que o ícone ficar amarelo ou vermelho, indicando sua saturação.

Porém, pode ser que a limpeza de memória não seja suficiente para melhorar o desempenho e nota do aparelho. Uma hora, liberar memória RAM do celular já não adianta mais, o pouco espaço de armazenamento interno compromete a performance do Android e faz com que ele passe a travar com mais frequência. Pode ser necessário então promover a otimização do telefone.

COMO LIMPAR O CELULAR
Deixar o Android como novo é possível. Verifique e melhore a performance do smartphone ao realizar uma limpeza e reorganização mais profundas. Para isso, abra o PSafe Total e marque ‘Verificar’, na tela inicial do aplicativo. Marque, depois, ‘Otimizar tudo’. Pronto, seu celular utilizou as ferramentas do PSafe Total Android para melhorar sua performance. Porém, note que o celular ainda apresenta uma nota baixa de desempenho, devido ao comprometimento da memória interna de armazenamento e pela quantidade de lixo e arquivos desnecessários salvos no telefone.

No meu caso, os grandes vilões eram imagens, dados de cache e diversos, muitos deles resultados do uso cotidiano do aparelho, seja para fotografar, trocar conteúdo com os amigos via Whatsapp ou mesmo pela simples abertura de sites no navegador móvel ou de aplicativos de redes sociais, que acumulam muito lixo na memória interna do aparelho, além de comprometer a velocidade da memória RAM.

Para resolver o problema, marque ‘Limpar’. Selecione os itens que quer eliminar. Pode ser também que a simples limpeza de memória e a limpeza mais profunda não resolvam o problema de forma satisfatória. Caso aconteça com você, o PSafe Total guarda ainda mais um recurso extra que pode auxiliar na tarefa de deixar o celular funcionando a todo vapor. Abre o ‘menu’ no canto superior esquerdo da tela principal do APP e localize ‘Gerenciador de Apps’ para transferir de forma simples e rápida aplicativos e mídia da memória interna para o cartão micro-SD.

MEMÓRIA INTERNA
Promova periodicamente a remoção de aplicativos que não são importantes para você. Mova todo o conteúdo possível para o cartão micro-SD, abrindo espaço na memória interna, descongestionando o smartphone e ajudando ele a performar melhor.

Para isso, abra o PSafe Total no seu celular e faça a transferência de arquivos desta forma. ‘Menu’ > ‘Gerenciador de Apps’ > ‘Mover ao SD’. Veja a lista de APPs que estão salvos na memória interna e que podem ser movidos para o cartão SD. Clique sobre o ícone do cartão micro-SD para realizar a transferência. Faça o mesmo com todos os APPs até liberar o máximo de memória.

Volte à tela do PSafe Total e faça novamente a verificação e otimização do celular e tenha uma Android rodando como novo.

Você também pode transferir aplicativos por meio das ‘Configurações’ do celular. Abra as ‘Configurações’ do telefone e localize ‘Gerenciar Aplicativos’. Clique sobre ele e veja se a opção ‘Transferir para cartão SD’ fica habilitada.

Se o aparelho por alguma razão não habilitar a possibilidade de transferência de arquivos através das ‘Configurações’ do celular, a única saída é fazer a transferência manualmente ao conectar o telefone a um computador, arrastando as pastas para a unidade extra de memória.

Fonte: www.psafe.com

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora