Vinhos para consumir no Verão

Prefira a leveza dos rótulos branco e rosé, perfeitos para serem degustados quando as temperaturas estão elevadas, pois caem bem consumidos gelados


Se você acha que vinho só combina com o Inverno, está na hora de rever seu conceito. A bebida vai bem o ano todo, incluindo os meses quentes da Primavera e do Verão. Na temporada de termômetros elevados, no entanto, aposte nos vinhos mais leves como o branco e o rosé. Harmonizados com o prato certo, eles compõem o cardápio para qualquer ocasião, inclusive as mais sofisticadas.

A sommelier Nanci Moler Oliva, dos Supermercados Crema, confirma que o vinho é uma bebida que pode ser consumida em qualquer época do ano. A preferência nos meses mais quentes pelo branco ou rosé, tem uma explicação simples. Como eles devem ser consumidos gelados, acabam sendo ideais para os dias mais quentes.

“O rosé é o preferido dos consumidores. Para cada dez vinhos vendidos, nove são rose”, diz a sommelier. Segundo explica Nanci, esse tipo de vinho combina com uma variedade maior de pratos e, por isso, é mais fácil introduzi-lo no cardápio e harmonizá-lo. “Enquanto o branco, por exemplo, harmoniza com pratos servidos frios, o rosé vai bem com qualquer receita”.

Confira as dicas da sommelier para você acertar na harmonização dos vinhos e preservar o sabor da bebida.

Foto: Freepik
Sommelier Nanci Moler Oliva, dos Supermercados Crema, dá dicas para fazer as melhores escolhas

Os vinhos e suas características

Branco
Vinho branco, obrigatoriamente, tem que ser servido bem gelado. Assim, seu sabor é acentuado, assim como o rosé. Por isso, devem ser mantidos em um baldinho com gelo enquanto é servido.
Harmonização: é ideal para acompanhar saladas e outros pratos leves, como peixes e frutos do mar.

Rosé
Assim como o branco, o resfriamento potencializa o sabor da bebida e a deixa mais leve. Ao contrário do branco, ao tirá-lo da geladeira para servir pode ser mantido em temperatura ambiente enquanto é consumido.
Harmonização: vai bem com qualquer tipo de prato, incluindo pizza, carnes vermelhas e massas.

Espumante
Esse tipo de vinho remete às festas e confraternizações, mas também pode ser usado para regar um bate-papo descontraído. Assim como o branco e o rosé, deve ser servido bem gelado. É uma bebida leve, festiva. Não deve ser consumida acompanhando uma refeição.
Harmonização: o ideal é servir espumante com petiscos leves e doces. Sim! Bolos e doces ficam ainda melhores acompanhados por espumantes.

Tinto
O correto é servi-lo em temperatura ambiente. Tinto gelado perde os aromas e o seu sabor. Aqui, para não errar, a sommelier Nanci Moler Oliva, orienta olhar o rótulo. Toda bebida traz no verso a temperatura ideal em que deve ser servida.
Harmonização: esse tipo de vinho vai bem com queijos mais pesados, carnes vermelhas e massas.

Sugestões da sommelier

Para a sommelier Nanci Moler Oliva, do Supermercado Crema, o melhor vinho é aquele que agrada ao paladar. O gosto pela bebida, de acordo com ela, é muito pessoal. Mesmo assim, ela preparou – a pedido do Mais Sabor – uma lista com algumas sugestões que podem te ajudar na hora de escolher a próxima garrafa.

Branco
Vinho Ventisquero Reserva Sauvignon Blanc
(Chile)

Garzón Pinot Grigio
(Uruguai)

Rosé
Garzón Pinot Noir Rose
(Uruguai)

Tinto
Cono Sur Reserva Cabernet Sauvignon
(Chile)

Espumante
Cava Freixenet Brut Rosé
(Espanha)

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora