Vinhos adequados para pratos típicos do inverno

O sommelier João Rodrigues, da Adega Tatu, ensina quais são os melhores vinhos para combinar com receitas típicas do clima mais frio


O inverno é o momento ideal para aproveitar aquelas receitas mais quentinhas, ou então convidar os amigos para uma rodada de queijos. Independente do menu, o vinho é sempre uma boa opção de harmonização para que o momento fique mais completo. E é aí que surge a dúvida: afinal, qual é a bebida mais adequada para servir junto a fondues, sopas, caldos ou a uma tábua de frios? Qual uva combina melhor com determinado prato?

Para sanar essas e outras dúvidas, o Mais Sabor ouviu o sommelier João Rodrigues, da Adega Tatu. O especialista deu dicas de vinhos, nacionais e importados, dos mais variados preços, que podem ser harmonizados com pratos típicos do inverno. “Para o fondue de queijo, um dos pratos mais tradicionais do inverno, as melhores combinações são feitas com vinhos brancos e leves”, aponta João. “Já os fondues de carne pedem um vinho mais encorpado”.

A pedido do Mais Sabor, o sommelier escolheu seis vinhos para harmonizar com fondue de queijo (ou com tábua de queijos em geral), fondue de carne, sopas, caldos e massas e deixar seu inverno ainda mais saboroso.

Fondues de queijo e queijos em geral

Quando se fala em queijos, de um modo geral, logo pensamos num bom vinho italiano. Para quem gosta de bebidas dessa nacionalidade, a indicação é o Luccarelli Puglia Bianco, um vinho branco caracterizado pela sua “universalidade”, já que pode ser harmonizado com a grande maioria dos queijos. Fresco e com boa acidez, não causa aquela sensação de “boca seca”. Já quem prefere um vinho tinto, a sugestão é o chileno Aliwen, que traz notas intensas e um leve toque de especiarias ao paladar.

Sopas, caldos e massas

Nem só de vinhos internacionais vive o homem. Para pratos quentes e típicos do inverno, como sopas e caldos de legumes e massas em geral, o brasileiro Vale da Pedra é uma boa pedida. Feito com uvas syrah, apresenta um paladar que agrada a todos devido ao seu aroma frutado e com especiarias. O tinto italiano Fantini Montepulciano d’Abruzzo, por sua vez, não vai interferir no sabor dos seus pratos – além de ser a opção ideal para harmonizar com massas que levem molho de tomate.

Fondue de carne

Pratos que levam fritura, como é o caso do fondue de carne, pedem vinhos específicos e que não causem adstringência. Por isso uma boa opção são vinhos feitos a partir da cabernet sauvignon, como o sul-africano Nederburg The Winemaster’s. Encorpado e com boa acidez, forma a combinação perfeita entre o álcool, a carne e a gordura. Enquanto isso, o argentino Trumpeter, feito com uvas malbec e syrah, é frutado e traz frescor, além de possuir uma acidez mais leve, fazendo com que seja um vinho bastante agradável.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora